segunda-feira, fevereiro 14, 2011

Distância Consoladora

Na doçura angélica do teu olhar
De teu coração de amor tão lindo
De teu amor singelo a proclamar
E com poemas recônditos surgindo

Nas belezas celestiais e da ternura
Do sentimento imaculado infindo
Teu amor é o amor que transfigura
De teu tenro coração se abrindo

No entanto como que belezas vagas
Dessas belezas de sonhos de infância
Talvez recordações de outras plagas...

De uma fábula e cândida lembrança
De uma visão angélica delicada
Na visão consoladora da distância...

26 comentários:

Valquiria Calado disse...

Um amor assim é uma fábula, que transforma-se em fado.


bjos pro teu coração.

Valquiria Calado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Silenciosamente ouvindo... disse...

Muito bonito o poema e a imagem.
Deixa inserir no meu novo blogue
o http://sinfoniaesol.wordpress.com
Basta deixar um comentário.
Bj

Borboleteando disse...

Encantada com palavras tão doces...
Amo borboletear por aqui...
Ótima semana bjus

Zil Mar disse...

"Eu quero o mapa das nuvens e um barco bem vagaroso."Mário Quintana

Quero pra ficar aqui lendo e sentindo as suas palavras...sem pressa...

bjos e linda semana!!!!

Zil

ValeriaC disse...

Querido poeta, que belos versos...ficaram de uma delicadeza sem igual...e a imagem que voce colocou é divina...adorei...
Tenha uma semana de amor, de alegrias, de harmonia...beijinhos
Valéria

Vinicius.C disse...

"Na visão consolodaroa da distância"

Muito bom!!

Gostei do comentário deixado no Alma, fico feliz que gosta de ler a mim!

Espero que volte!

Uma ótima semana!

TITA disse...

Bonito hino ao amor que ultrapassa distâncias...Um abraço.

Líricos Poemas disse...

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

Clarice Lispector

Desejo um Bom dia e o meu carinho à voce!
Agradeço sua visita........M@ria

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amiga, muito grata pela sua gentileza. Já inseri o seu poema
Distância Consoladora, mas tive que
colocar outra imagem, pois não consegui copiar a sua.
Um grande beijinho e nos iremos
visitando.
Irene

Claudio Poeta disse...

Gostei muito! - Parabéns! - Abração

Amapola disse...

Boa tarde, querido amigo poeta.

O poema é lindo, mas é maravilhoso você ter voltado!

Senti uma tristeza danada, quando encontrei seu blog fechado.

Ai, amigo! Estou muito feliz!!!

Um grande abraço apertado.

O Árabe disse...

Lindo, irmão! Qual bela é a tua poesia! Meu abraço, boa semana.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Amigo muito estimado, seus poemas são sempre como matar a sede no deserto, que ternura eles revelam. Sua memória é sempre uma fonte inesgotável de sentimentos de amor em todas as formas, um grande bem-haja pelo ser maravilhoso que você nos demonstra todos os dias, beijinhos de luz e muita paz.

Evanir disse...

Lindo todos os seus poemas .
A cada dia encontro um poeta e assim vejo um mundo mais belo.
Te sigo.
Um beijo,Evanir
www.fonte-amor.zip.net
http://aviagem1.blogspot.com/

Mel Braga disse...

A sutileza de suas palavras... esse teu versar tão delicado torna tua escrivaninha encantadora meu amigo poeta...

Simplesmente mágico ...sublime...
valeu cada segundo essa doce leitura...

beijo grande

Toninhobira disse...

Eu numa rede vendo voce neste poetar tão sublime.Lembra o RC com sua distancia.Sempre criativo e inteligente amigo.Abraço de admiração.

Flor da Vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M@ria disse...

Caminhei tempos... tempos de realeza


e te encontrei na Terra com amor...

Pinto letras na tela com mais cor,

e agradeço-lhe por ter tua nobreza!...


Machado de Carlos

Amor & Paz no seu dia...Beijos!

Amapola disse...

Ô amigo poeta...

Eu cheguei a postar um texto tipo:
PROCURA-SE "VOZES DE MINHA ALMA"

Encontrar sua porta fechada, deu um nó na minha garganta.
Ontem, por acaso eu o encontrei em um outro blog.

Estou muito feliz.

Um grande abraço fraterno.

Crisálida disse...

Belo poema!
A ansia de um amor
que corre como o rio
ao encontro do mar...

Poeta, peguei carona nas asas
dos teus versos!

Saúdo-te nessa tarde com
um fraterno abraço.
Nara

Sonhadora disse...

Meu querido

Quanta ternura no teu coração...quanta beleza que transbodas nos belos versos que nos dás sempre.

Deixo o meu carinho num beijinho
Sonhadora

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amigo já está corrigido.
Para mim é que é uma honra
ter as suas visitas.
Beijinho

Multiolhares disse...

a vida pode ser breve, a alma vagueia em evolução constante e o amor é imortal
Bj

Zen disse...

Querido amigo, este seu poema assim como todos os outros que tocam o nosso coração, são sensacionais. Agradeço a sua subida até a minha Montanha, e quando quiser descansar e meditar estarei sempre a lhe esperar para trocarmos muitas mensagens. E continuo achando que o nosso lindo Dedo de Deus é uma dessas Montanhas abençoadas que nós temos aqui pertinho de nós para a nossa felicidade! Beijo, paz e amor. Sandra.

Crisálida disse...

Poeta, vim te agradecer pelo poema, Você é amoroso e amigo!
Muito obrigada pelo apoio e incentivo!
Beijos. Nara