segunda-feira, março 14, 2011

O Poema


Nos sonhos por entre brumas pairando,
Existem delírios, fascínios, amarantos
Com emanações das luzes ora vibrando,
Da alma soturna, e sublimes quebrantos...

São delírios, de um amor transfigurado
Fonte adocicada, perfume e os encantos,
Que vem de um carinho, imenso iluminado
Celestial, silente, vertido em prantos...

As rimas encerram toda nobre essência
Da alma soturna de triste melancolia,
E da inspiração sutil que nem a morte...

Encerram amor singelo da transcendência
E todo este prazer do amor que apetecia,
Para fecundar um poema supremo e forte...


Parabéns a todos os Poetas!

7 comentários:

piedadevieira disse...

Parabéns, poeta!
Que os céus conspirem sempre a favor dos poetas para que seus sonhos e sentimentos possam nos enlevar nos momentos propícios.
Beijos

Toninhobira disse...

Oi amigo sua inspiração brinda o dia e com a beleza de seus versos que exprimem sua emoção,sua alma sempre desnuda em cada palavra, que faz a magica criação.Parabens amigo neste dia.A voce meu abraço e dias de luz.Com alegria.

Ingrid disse...

palavras fecundas de sensibilidade tua.. única!
beijos perfumados..

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta.
Parabéns pelo seu dia, e obrigado por nos presentear com seus poemas.
Bjux

flor de jasmim disse...

Vozes de Minha Alma
Seu poema é de uma beleza que só o amor consegue transmitir essa sensibilidade que exprime sua emoçao.
Beijo

Everson Russo disse...

O poema é a mais louca expressão da alma do poeta...rabiscos da vida...abraços de bom dia pra ti amigo...

LUCONI disse...

E o poeta deixa a alma transbordar em um manancial de emoções que são transformadas em palavras transcritas no papel, e eu sua leitora sacio minha alma sedenta da beleza dos sentimentos de nobre alma, beijos Luconi, mesmo atrasada um feliz dia dos poetas para ti.