sexta-feira, maio 13, 2011

Ecos do Infinito


Vejo-te doce alma, triste e desolada
Excelsa, doce, do amor transcendente...
Cantando em letra graciosa adornada
As tuas saudades, tristonha plangente...

Não sei por que, vejo-te pelas brumas
Além do oceano, das terras distantes...
Nas ondulações de espessas escumas
Vejo-te adornada, mais linda que antes...

É sentimento que provém ao largo
Em meu coração, do afeto que sinto
Nas inspirações que hoje vos trago...

São as solenes harpas que entoam
Saudades de um amor transcendente
Nestas tristezas que os mares ecoam...



30 comentários:

MARILENE disse...

Além de 13/05 ser data da promulgação da Lei Áurea, ainda é dia de nos voltarmos para Nossa Senhora de Fátima.
Lindo poema!!!!
Bjs.

Flor de Lótus disse...

Olá meu caro!Lindo post bela homenagem a nossa senhora nossa mãe.
Um ótimo fim de semana!
Beijos

"Voando com Borboletas" disse...

Um ótimo fim de semana para você!!!
Bjs
Borboleta

Marilu disse...

Querido amigo, que amor é esse que transcende a morte, a alma...Lindos versos. Tenha um excelente final de semana. Beijocas

Evanir disse...

Com muito carinho passando para desejar um feliz final de semana.
Linda sua postagem uma homenagem maravilhosa.
beijos carinhosos,,Evanir
http://aviagem1.blogspot.com/

Tina Bruxinha disse...

Um eco que ressoa na alma...e nos leva ao mundo do amor...Abraços...

ValeriaC disse...

Que poema encantador...transcende o coração, a alma... me tocou de maneira especial... lindo demais amigo...
Meu querido, tenha um maravilhoso final de semana...beijos
Valéria

LUCONI disse...

Um poema que nos enternece nos lembrando de quantas vezes a alma é invadida pela nostalgia e não cabendo em si quer alçar voo como que sabendo exatamente onde está o que ou quem ela sente tantas saudades, maravilhoso amigo,lindo beijos Luconi

LUCONI disse...

Um poema que nos enternece nos lembrando de quantas vezes a alma é invadida pela nostalgia e não cabendo em si quer alçar voo como que sabendo exatamente onde está o que ou quem ela sente tantas saudades, maravilhoso amigo,lindo beijos Luconi

Toninhobira disse...

Esta toca lá fundo fundo da alma amigo.Inspiração divina que transcende.Parabens amigo, esta é para colocar numa tela.Abraço amigo.

M@ria disse...

Eu queria escrever luxuoso.
Usar palavras que rebrilhassem molhadas e fossem peregrinas.
Às vezes solenes em púrpura, às vezes abismais esmeraldas, às vezes leves na mais fina seda macia

Clarice Lispector

Bom FDS e beijos meus...M@ria

MARILENE disse...

Voltei (rss) , para fazer um pedido.

Se você me dedicar seu voto na eleição do "blog da semana", criado pelo Will, ficarei feliz. Aliás, só a indicação da Van (RETALHOS DO QUE SOU) já me alegrou bastante. A votação se inicia em 14/05/2011 às 12:00 HORAS e ficará aberta até o dia 21/05/2011 no BLOG DO SUPER WILL http://wwwwillblog.blogspot.com, idealizador do Selo.
Obrigada. Bjs.

umcanto-recantodaalma.blogspot.com

Borboleteando disse...

Querido poeta!
Vim lhe desejar um ótimo fim de semana!!
Bjos

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

A alma é o caminho do desconhecido, onde os corações vagueiam, a alma voa sem encontrar o verdadeiro poiso, por isso ela sofre sem que saibamos o gosto dessa dor mas o desatino não deixa o coração em descanso.
Beijos de luz e muita paz para a tranquilidade dessa alma que sofre...

Olinda Melo disse...

Lindo poema, como sempre, com palavras que evocam a imensidão do oceano e terras distantes, tema que nos leva até à saudade e a momentos perdidos na voragem do tempo.

Abraço

Olinda

Rosa Mattos disse...

Comoventes versos!

Querido e talentoso poeta, ofereço-lhe o selo "este blog é show". Está no final da página de presentes.

Bom final de semana/!abraços*

Multiolhares disse...

sintonia do universo entoando melodias harmónicas que tocam o coração
beijos

cidinha disse...

OLá! passando por aqui gostei muito do seu blog.Lindo poema.Linda homenagem a Nossa Sehora a mãe de todas as mães. cidinhablogstar.
Abraços.

Maria disse...

Amigo, um poema maravilhoso.
Tenha um excelente domingo pleno de alegria e paz.
“Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo.” Osho
Beijinhos
Maria

Carla Fernanda disse...

Que lindo! Que beleza que a gente enxerga e sente com o coração e aquece amigo, acaricia e consola.
Que veja-a cada vez mais doce e pura, quanto mais puro será seu sentimento de admirá-la, comtemplá-la e amá-la ... numa escala infinita da terra até o céu.
Lindo, uma oração querido!
Beijos e boa noite!
Carla

Sonhadora disse...

Meu querido

Como sempre os teus poemas são um hino de amor...que toca o coração e a alma,nesse grito de amor eterno.

Deixo o meu carinho e um beijinho
Sonhadora

Smareis disse...

Adorei ler seu texto.O amor faz nossa lembranças e emoções descrever muito bem os nossos reais sentimentos.Parabéns pelos versos lindos. Um grande abraço!

M@ria disse...

Olá amigo!!
Use a imagem sim....fico feliz que tenha gostado...Bom Domingo!
Beijos na alma........M@ria

Van disse...

Bom dia querido poeta!

mais um lindo poema a encher nosso dia da mais terna e linda poesia

Beijos!

Magia da Inês disse...

Amigo,

Muito lindo... você se superou.

Bom domingo!
Beijinhos.
°º♫
°º✿ Brasil
º° ✿♥ ♫° ·.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

A beleza das palavras,
inspira o viajar
dentro do coração...

Que as estrelas
sempre brilhem em teu olhar.

Flor de Lótus disse...

Bom dia,meu caro Poeta!
Passando para desejar-lhe um ótimo domingo!
Beijosss

ONG ALERTA disse...

Belas palavras, beijo Lisette.

Flor da Vida disse...

Bendita inspiração!

Paz seja contigo poeta!

Beijos

Celina disse...

Lindo poeta, a homenagem a mãe de jesús, o nosso maior profeta, Um abraço fraterno Celina.