quarta-feira, junho 15, 2011

Entorpecida


Esta formosura entre as flores, delicada
Com singeleza adormecida e refulgente
No aconchego entre as rosas, enfeitada
É uma beleza, desgraçada e inocente!

É uma dor, que neste cândido momento
Com os encantos divinais da alma flórea
Com as belezas do mais puro sentimento
Verto prantos malfadados desta história...

Pois com sonhos de amor que acalentei
E com as flores mais bonitas que ofertei
E nos enlevos divinais e esfuziantes...

Fiz preces pra adornar os seus caminhos
Com louvores, com lirismos e os carinhos
E este amor mais profundo do que antes...



Na esteira do despreparo do poder público e da sociedade em relação à prevenção e ao tratamento dos efeitos das drogas, o consumo do crack avança com desenvoltura no Ceará e faz multiplicar relatos de sua gravidade na capital e em cidades do interior.
O sociólogo Leonardo Mota, acredita que o interior do Estado não pode ser mais entendido como um “reduto intocado da modernidade“, longe dos progressos e malefícios que dela decorrem e que assim, como o ocorre nos grandes centros urbanos, crianças e adolescentes de municípios mais afastados acabam sendo vítimas de descaso do poder público e da própria sociedade. “Atualmente, os pais, sejam eles de classe baixa, média ou alta, trabalham como loucos para prover muitas vezes o necessário e quase nunca conseguem tempo para os filhos. Existe muito abandono em todas as classes sociais, principalmente o abandono afetivo.”, explica o sociólogo.


Créditos da Imagem:
" Bela Viana Adormecida"


29 comentários:

Olinda Melo disse...

Olá, Antônio

Este poema é lindíssimo,tão carinhoso, tão cheio de cuidados e então quando diz:

'Fiz preces pra adornar os teus caminhos
Com louvores, com lirismos e os carinhos
E este amor mais profundo do que antes...'

vê-se que é um amor inesgotável, mesmo que ornado de alguma dor.

A imagem é belíssima e confere uma grande ternura ao conjunto.

Abraço

Olinda

OceanoAzul.Sonhos disse...

Poema de grande beleza.
A imagem, muito bonita.
Um abraço
oa.s

Vinicius.C disse...

Olá meu amigo!

Andei um tanto sumido mas devagar tento voltar a rotina.

Venho desejar uma ótima tarde e deixar o meu abraço!

Se puder- apareça no Alma!

helia disse...

Muito bonito este Poema ao Amor! A imagem também é linda!
Obrigada pela visita ao meu blog

Borboleteando disse...

Oii! Tem um presentinho lá no http://simplesmenteborboleteando.blogspot.com/ para você!!! O Prêmio Sunshine Award segue algumas regrinhas: 1ª - Agradecer a quem lhe enviou 2ª - Escrever um post sobre ele 3ª - Entregar o sêlo a 12 blogs (parte mais difícil.. ter que escolher apenas 12) 4ª - Mencionar no post os blogs selecionados 5ª - Avisá-los sobre o recebimento do mesmo
Beijo no seu coração! Borboleteando;)

**♥✿-franciete-✿♥** disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Amigo quantas flores adormecidas tem nesta vida, algumas ainda reflectem a inocência, tem outras que já caíram e pedaços.
Quanta vontade de lhes pegar e fazer delas os mais lindos ramos, ou planta-las em jardins do amor.
Beijinhos de luz e paz no seu caminho...

Vivian disse...

...quanto encanto, amor,
e lirismo encontro aqui!

adoro!

bjbjbj

MARILENE disse...

lindo, como sempre! sentimento: amor. Dedicação e afeto em cada verso.

Bjs.

flor de jasmim disse...

António
Será sempre "Vozes de Minha Alma".

O que posso eu acrescentar meu amigo a um poema que em cada palavra transmite o calor de um grande amor. Adorei.
Beijo

Multiolhares disse...

continuas igual a ti mesmo,com cânticos de amor onde sublimas a mulher, sempre lindo
bjs

Zil Mar disse...

Boa noite Poeta...

passo para apreciar sua poesia sempre encantadora...

estou oferecendo a vc um selo que está no páginas de lembranças...


meu carinho Poeta...

Zil

Rosi Alves... disse...

LINDO ME EMOCIONEI.LINDO DIA!

Toninhobira disse...

Bravo Amigo,uma pintura de deixae enternecido ainda mais na entorpecida que lhe faz criar com primor um belo soneto com o requinte de mestre.Sempre minha admiração.
Meu abraço de admiração.

Everson Russo disse...

Muitas vezes os sonhos de amor são como flores de jardim sob o temporal...correm riscos de se perderem,,,abraços fraternos de bom dia pra ti amigo...

Celina disse...

Querido Antonio,mais uma vez venho ao encontro dos teus versos lindos de amor,a sutileza envolvente que só voce é capaz . Parabens amigo, um abraço fratrno de Celina.

ValeriaC disse...

Magnífico poema meu querido... de uma singeleza e de uma profundidade imensas...
Doce seja seu dia...beijinhos
Valéria

Lilian disse...

Hermoso tu poema Antonio ...
de una dulce y sensible narracion !!!
Un abrazo amigo .

Evanir disse...

Querido seu blog esta em homenagem
aqui no meu blog.
Creio que não viu eu fiquei sem computador logo após a postagem ontem a noite.
Um beijo carinho,Evanir.
A direita do blog tem um presente de homenageado.

assembleiabelem disse...

Precisando de uma mensagem de consolo, então acesse o nosso site, e assista nossas mensagens, Sempre Deus tem uma mensagem para você nas horas dificeis, além das radios e musicas solo instrumemtais e muito mais

http://www.assembleiabelem.br22.com/

LUCONI disse...

Um belo poema de amor, mas tão triste poeta, faz-nos ler, reler, olhar a imagem da menina caída e pensar em sonhos desfeitos como bolhas de sabão, só o teu talento iniqualável para tornar tão triste fato simplesmente belo como uma obra de arte, beijos Luconi

Eneida disse...

Lindíssimo poema!
Belíssimas palavras!
Entorpecida!
Abraço!
http://tengacreencia.blogspot.com

TITA disse...

Poeta como é lindo querer adornar o caminho do ser amado.Belo poema e harmonia na imagem.Um abraço.

Tina Bruxinha disse...

Passeando nos campos floridos por tuas palavras... sinto o perfume da noite enebriando a brisa sonolenta que vem lá do mar...Amigo como sempre... colocas pura felicidade em tudo que escreves...Muito bom passar aqui...dá uma vontade doida de ficar e sonhar... Abraços mil...

Paulinha Barreto disse...

Que lindo, gostei muito.

Otimo final de semana.
beijos

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

diz-se que a distancia não impede as amizades, mas no meu conceito ela nos faz esquecer as amizades.
Talvez porque todas as coisas são como o vento que passa e leva tudo para bem mais longe e nunca volta às mesmas paragens.
A água também nunca passa duas vezes pelo mesmo sítio, mas há saudades que jamais se vão embora, te desejo as maiores venturas que esta vida te possa proporcionar, com, alegria, paz e muito amor nos teus dias...

ONG ALERTA disse...

Encantador, beijo Lisette.

Evanir disse...

Meu querido amigo Antonio.
Carinhosamente venho desejar um feliz final de semana.
Amigo seu perfil é algo maravilhoso
beijos no coração,Evanir.

Flor da Vida disse...

O Amor...
Sempre ele nos encantando e nos envolvendo em seus sublimes versos!
Que este amor profundo, acarinhado, e com lirismo sempre elevado, permaneça em ti pela eternidade...

Bela tarde de sábado pra ti!
Beijos de Luz