sábado, junho 18, 2011

Saudosa Aspiração


No cerne profundo de minhas memórias
Carrego uma saudade e tantas melancolias
Ela ressurge das lutas, dos sonhos e glórias
De noites tantas, de tantas quanto os dias...

É ela quem me consome e anestesia!
E com sentimentos febris e amordaçados
Em minh’alma, revolve, enfada, alivia
Nas ilusões dos meus sonhos disfarçados...

Em minh’alma habita um alguém
Olhando num espelho com amor e carinho
Um rosto, uma imagem, ninguém
Que o tempo legou como a flor e o espinho...

Anatomia das recordações e das labutas
Que subtrai o cancro latente d’amargura,
Dolorosa via, mãos dolorosas, impolutas
O tempo arrebata, consome e enclausura...

Faço da saudade meu precioso relicário
Florescendo dos sonhos que ainda resiste,
Quer nos prantos, nos soluços, no velário
Nos acordes de uma nota suave bem triste...

Se o que vejo é de um divinal encanto
De uma beleza, e de sublime nostalgia
Suplico a Deus, sem medo, sem pranto
Por uma beleza, como o sol de outro dia...



*Imagens Google: Pink Floyd, Pulse

 

26 comentários:

Vivian disse...

...quem uma vez ou outra
não se pega refém da
saudade?

que sejam elas então
oásis de nossas
lembranças.

bj, alma linda!

que bom saber que meu post
te fez querer dividí-lo
com outros aprendizes
tbm!

Lu Cavichioli disse...

Oi Antonio, poema forte, imponente e ao mesmo tempo de uma dor latente que atormenta e faz sangrar o coração.

Tua poesia sempre arrebata na leitura , meu amigo!

Parabéns

*Ah, mas um espelho desses eu queria Ô se queria! hehehe
abraços de saudade

Flor de Lótus disse...

"Se o que vejo é de um divinal encanto
De uma beleza, e de sublime nostalgia
Suplico a Deus, sem medo, sem pranto
Por uma beleza, como o sol de outro dia..."
Lindo esse trecho meu caro amigo, tão profundo cheio de sentimentos é sempre bom passar por aqui.
Beijos

flor de jasmim disse...

Vozes de Minha Alma

"É ela quem me consome e anestesia!E com sentimentos febris e amordaçadosEm minh’alma, revolve, enfada, aliviaNas ilusões dos meus sonhos disfarçados..."

A saudade não tem fim meu amigo.
Eu sou alguém que sinto saudade de algumas coisa, e pessoas, saudades arrasadoras. Adorei seu poema.
Beijo

OceanoAzul.Sonhos disse...

A nostalgia invade os nossos corações muitas vezes, recordamos com saudade momentos, pessoas, vivências...
O seu poema deixou-me melancolica.
Um grande abraço
oa.s

Cristal disse...

lindo o poema , linda a tag gostaria de te la Somos assim olhamos no espelho e nossa alma nos mostra a juventude e o corpo não reflete a alma, Muito bonito Amei ler
Quanto ao que escreveu
agradeço por me visitar .Realmente não foi sonho ,porém pesadelo. Sabemos que seu pesadelo é uma triste conseguencia das barbaridades do passado. A revista Morachá realmente é excelente recomendo assinar o jornal Alef que é gratuito e também a Rua Judaica que são enviados a quem assim desejar ambos tewm o site, é so digitar no canal de busca Saudações poeticas

Dione fonseca

Amor feito Poesia disse...

"Eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre vírgulas, aspas, reticências".

[Caio Fernando Abreu]

Carinhos...M@ria

OBS: LEVE...O SELINHO É SEU!

Evanir disse...

Já estou a 6 meses na minha Viagem.
Só tenho a agradecer o carinho recebido
e não foi pouco não.
Espero em Deus permanecer
viajando muito tempo dando
e recebendo carinho e amor.
Obrigada a você por viajar junto comigo.
Um feliz Domingo deixando para você
carinho e beijos meus,Evanir.

Bela disse...

Lindo poema, meu caro amigo poeta!
O tempo... ah, o tempo galopa sem pressa e não volta mais. Leva consigo amores, desejos e tormentas, mas nossas lembranças permanecem indiferentes ao passar do tempo em nossa memória.
Como diria Lulu Santos em sua canção, "tudo passa, tudo sempre passará...", mas as lembranças que cultivamos na memória sempre serão a prova maior de que viver é o presente supremo de Deus para nós, mesmo que as coisas da vida sejam, na maioria das vezes, tênues e findáveis.
Beijos e um ótimo domingo!
Bela.

Lilian disse...

La nostalgia es parte de nuestra existencia ... nos deja de todos modos recuerdos imborrables que guardamos y atesoramos , no es malo sentir nostalgia si sabemos
vivir el presente .
Interesante tu post Antonio .
Un abrazo amigo .

Ingrid disse...

em versos de sentimentos profundos,ler e reler a saudade..
muito lindo!
beijos perfumados..

Rosi Alves... disse...

emocionante amei!

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

O espelho é o reflexo da alma,mas só nos mostra aquilo que queremos ver, as rugas do rosto são as marcas que o tempo deixou, e com elas vamos lendo a história dos nossos anos passado.
Mas com a riqueza da sabedoria que um dia levamos connosco.
Beijinhos de luz e paz no seu caminho...

_____▓▓▓▓░░░░░▓▓▓▓░
___▓▓▓▓▓▓▓░░░▓▓▓▓▓▓░
_▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓░▓▓▓▓▓▓▓▓░
▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓(¯ `:´¯)░
▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓(¯ `•.\|/.•´¯)░
▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓(¯ `•.`(♥).•´ ¯)░
_▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓(_.•´/|\`•._)░
___▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓ (_ .:._)░
_____▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓░░░
░______▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓░░░
░░_______▓▓▓▓▓▓▓░░░
░░░░_______▓▓▓▓░░░
░░░░░░______▓▓░░░
░░░░░░░░░░░░░░

M@ria disse...

Há sempre uma lua a iluminar
Um coração por se perder
Um leito por aquecer
Porque o poeta dorme
Em um chão de estrelas...

Márcia Cristina Lio Magalhães

Uma Semana iluminada e de muita Paz!
M@ria

Olinda Melo disse...

Amigo Antônio

A imagem do espelho arrasa!Muito bem inserida neste contexto em que a Saudade marca lugar:

É ela quem me consome e anestesia!
E com sentimentos febris e amordaçados
Em minh’alma, revolve, enfada, alivia
Nas ilusões dos meus sonhos disfarçados...

Lindo todo o poema e este excerto é demais...

Abraço

Olinda

Celina disse...

Poeta não é atoa que sou sua fã, cada poesia sua vem cheia de muitos emoções, de muita dor, paixão, amor e muito talento,Antonio, vc é um dos maiores poetas que conheço,vc não faz poesia elas flui de vc. O meu abraço e uma semana de paz. Celina

O Árabe disse...

Saudade... só ao verdadeiro poeta é dado apreciar toda a sua beleza! :) Boa semana, irmão; meu abraço.

Evanir disse...

É bom d+ te encontrar aq e receber seu carinho.
Ele me faz tao bem. Agradeço pelas tuas mensagens.
Tudo que é bom dura o tempo,
suficiente para se tornar inesquecível.
Muito obrigado pela tua amizade.
Que a doce paz faça parte de seu coração hoje
e sempre e haja vida resplandecendo
através do seu suspirar.
Que você tenha muita luz e paz.
Muito obrigado por existires.
feche seus olhos e deixe seu coraçao falar
Pois ele nunca falha
Quando for dificil decidir .
Beijos no coração uma linda semana.Evanir

Maria disse...

Querido amigo um poema sublime como sempre. A saudade a tocar o nosso coração.
Boa semana.
beijinhos
Maria

Toninhobira disse...

Esta saudade que vem e faz um ninho remexendo nosso passado e criando às vezes este ar de melancolia.Lindo poema amigo com a carga perfeita que o tema agradece com sua bela arte.
Um abraço de paz e luz.

menina limão disse...

Olá, tudo bem?
Vim conferi as novidades, adorei seus post, eu amo esse cd do pink floyd. Gostaria de convidar vc para vê o vídeo novo no blog, menina limão em: SPA. Divirta-se!!!
Boa semana,
fica com Deus,
beijos
www.meninalimaoem.blogspost.com
@limaomenina

Pedro Menuchelli disse...

Eu sinto ao ler sua poesia, meu caro amigo Antonio, sentimentos a flor da pele transformados em escrita. A escrita é o principal meio de informação que o ser humano mantém desde que eu me entendo por gente. E já que seu poema fala da aspiração e em várias partes cita a beleza, creio eu que você é uma pessoa bela, pois tem um coração maravilhoso. É um poema forte, capaz de persuadir demais as pessoas com tudo que é passado, mas ao mesmo tempo demonstra um conflito emocional que faz o leitor sentir tudo aquilo que pensas de uma forma abrangedora. Poucas pessoas tem esse dom.

Eu costumo falar que temos dois tipos de escritores: os que amam escrever e os que apenas escrevem por hobby, por passatempo ou por até mesmo obrigação. Ainda fico me perguntando aqui em qual classe você entra, porque as duas são muito simples para descrever o tamanho respeito que tenho por suas palavras tanto pelos seus textos quanto pelos seus comentários.

De toda forma, é um prazer te seguir. Tens um coração maravilhoso e que eu admiro muito. Um grande abraço, uma ótima semana.

mizia disse...

Visite meu blog, tem um " Selinho Inspiração para você ! ... Ficarei contente!
Beijinho
mizia

Flor da Vida disse...

"Em minh’alma habita um alguém
Olhando num espelho com amor e carinho
Um rosto, uma imagem, ninguém
Que o tempo legou como a flor e o espinho..."

Essa trecho da tua poesia define com perfeição tudo o que vivemos no amor durante a vida...
O amor é bem isso mesmo, pode ser suave e perfumado como as pétalas de uma flor, mas também pode ferir como um espinho nos fazendo sangrar...

Toda a sua definição de saudade nesse poema foi profunda e perfeita!
Aplausos sempre querido poeta!!!

Linda noite pra ti.

Beijos

Carla Fernanda disse...

Boa noite alma!
Carla
:D

Esperança disse...

Amado irmão Antônio Lídio,

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de caráter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." Arthur Schopenhauer

Um abraço de luz