terça-feira, agosto 02, 2011

Triunfante


Foi um dia, em que meu corpo dilacerado
Com a alma palpitante com os desalentos
Trazia tristezas dos ais de um amargurado
Trazia os soluços, as dores e os tormentos

Foram os suplícios nas dores que amarguei,
De palpitações e avassaladores sentimentos
Dos tormentos e das lágrimas que derramei,
Das ânsias nascidas dos meus sofrimentos!

Mas nos acordes das luzes angélicas, radiantes
Trago no coração as marcas de outrora; dantes
E as preces insondáveis de tu’alma a murmurar

Não é, no entanto, em final de morte horrenda
E tão atroz e derradeira; tão gélida e tremenda
Que na dor das despedidas o amor há de findar!



17 comentários:

Pedro Menuchelli disse...

Oi Antônio!
Desde pequeno, sempre aprendi que todas as coisas e tudo em nossa vida tem dois caminhos: o bom e o ruim. As escolhas são feitas a partir disso. Na maioria das vezes, deixamos até de pensar direito no que é melhor para escolher o mais fácil, o que acaba acarretando dor e tristeza.
Por mais que uma dor seja forte e não seja tão boa assim, ela nos ensina.
Todo tipo de aprendizado deve ser válido, pois com ele podemos ir mais além em toda nossa vida.
É como construir uma casa. Há pessoas que não terminam essa construção. Uns por não ter condições financeiras. Outros, por não ter conhecimento e planejamento de como terminar essa casa.
É algo meio sem sentido, mas que reflete em nós uma perspectiva muito grande.
Em meio a dor, há uma esperança. Em meio a esperança há o objetivo.
E é por ele que devemos sempre lutar e ir atrás do que queremos.
A vida é um eterno ciclo interminável. Devemos viver, apenas.

Um grande abraço Antônio, te admiro muito como pessoa e como amigo. Uma ótima semana.
De seu amigo e leitor,
Pedro.

garoto cientista disse...

Olá meu nobre amigo, é sempre um prazer esta visita. Uma ótima semana.

Zil Mar disse...

Oi Poeta...

entro em sua casa para alimentar minha alma do mais fino manjar...

precioso poema...saio agradecida...

deixo meu carinho...e minha admiração...

Zil

Flor da Vida disse...

Verdade meu amigo.
Amor que é Amor não morre...

Sem palavras pra definir tão belo e profundo poema!

Carinhos...
Beijos de flor
Suelzy

Flor de Jasmim disse...

Vozes de Minha Alma
Não comento!!!
Apenas te digo AMEI.
Beijo meu amigo

Sonhadora disse...

Meu querido

De uma beleza sublime este poema...quanto de ti fica em cada palavra...quanto da tua alma deixas em cada rima...em cada palavra.

Deixo um beijinho especial pelo dia de hoje.
Rosa

Amor feito Poesia disse...

"Aquilo que está escrito no coração não necessita
de agendas porque a gente não esquece. O que
a memória ama fica eterno."

Rubem Alves

Beijos e meu carinho a todos...M@ria

O Árabe disse...

Assim é, irmão: o amor jamais finda. Mas poucas vezes foi isto dito tão poeticamente. :) Meu abraço, bom resto de semana!

Valquíria disse...

Vencer uma batalha custa umas cicatrizes, principalmente na alma, que iram sangram, ainda por tempos indeterminados.



MAS HOJE VIM DEIXAR UM ABRAÇÃO, E DIZER QUE DESEJO VÊ-LO MUITO FELIZ NAS DECADAS SEGUINTES. FELIZ ANIVERSÁRIO AMIGO QUERIDO, LUZ, MUITAS LUZES NO TEU CAMINHAR.

ValeriaC disse...

Querido, quanta sensibilidade, quanto sentimento a flor da pele... intensos versos como você o é.
Beijinhos...
Valéria

Borboleteando disse...

Passando para lhe deixar um abraço...

Que a felicidade sequestre você e que ninguém possa pagar o resgate! Seja feliz! (:

Beijos, ótima tarde

Sonhadora disse...

Meu querido

Passando para te deixar um beijinho de parabéns e que a felicidade envolva a tua alma sempre.

Rosa

LUCONI disse...

Amigo por mais que maltratem e pisoteiem um ser do bem, a semente de amor que está dentro dele jamais morrerá, o amor depois que brota sempre vai dar frutos eternidade a fora, MENINO TEM UM PRESENTE PARA VOCÊ NO MEU BLOG DE TEXTOS LINK ABAIXO SEI QUE ESTOU MEIA HORA ATRASADA JÁ ENTRAMOS NOUTRO DIA, MAS SÓ PUDE SENTAR NO PC DEPOIS DAS 23HORAS, VAI LÁ EU AMOR BOLO E GUARANÁ, BEIJOS LUCONI

http://textoscontextosereflexoes.blogspot.com/2011/08/para-uma-alma-iluminada.html

M@ria disse...

Correndo os ares, na amplidão perdida,
Essa música doce, é a voz, talvez,
Da alma de tudo, celebrando a Vida!

(Olavo Bilac)

Bom dia e o meu carinho...M@ria

✿ chica disse...

Vim ,lá da Luconi e te deixo um abraço e felicito pelo niver.Parabéns! abraços,chica

Flor da Vida disse...

Amigo do céu! Será que você me perdoa por ter me esquecido de te cumprimentar ontem?!! Ando com o cérebro fervendo, alem de que ontem foi aniversário do meu filho também que completou 7 aninhos, me envolvi com ele...
Mas mesmo atrasado receba meu abraço de parabéns, viu?
Rogo a Deus que lhe dê vida longa, e que seja plena de saúde, paz e muito amor!
Que ELE te proteja eternamente!

Carinhos...
Beijos de flor
Suelzy

Olinda Melo disse...

Olá, Antônio

Se se diz que a fé move montanhas, o amor vai a par e passo fazendo milagres. Por isso mesmo, ele não findará nunca.Há sempre um resquício escondido no mais fundo do nosso ser mesmo quando pensamos que ele já existe.E aí iremos buscar a nossa força.

Um grande abraço

Olinda