domingo, novembro 27, 2011

Flor dos Deuses

Pétalas viçosas, cor intensa de veludos,
Dum vermelho sensual de doces beijos
Como os lábios mais bonitos e carnudos
Despertam no olhar, a cobiça e os desejos

Formosura sensual, delicada e feminina,
Esta flor, de um vermelho tão intenso;
É a perfeição, que encanta e que alucina,
É essência do amor, do perfume do incenso...

É uma flor misteriosa, sensual e desejada...
Flor dos deuses, dos amores, das estrelas,
Concebida em um ato, de paixão e de afeto!

Gozo escondido num jardim luxuriante
Entre Zeus e Afrodite, na orgia da paixão
De sagrada emoção, e romântico secreto!

19 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

...seria, uma versão, do Amor Perfeito???

Um abraço,
da Lúcia...

Toninhobira disse...

Perfeito amigo nesta flor,todo a essencia na intensidade que colocou em cada verso criando mais uma obra de arte.Não há misterios, há amor e deste amor se vive e às vezes sofre.
Meus parabens amigo.
Meu abraço de admiração.

Celina disse...

OI AMIGO MUITA PAZ, MAIS UMA POESIA BONITA, SENSUAL,E LINDA DESEJO-TE UMA BELA SEMANA. ABRAÇOS CELINA.

LUZ disse...

Olá estimado António,

Fiquei parada, fascinada, com a imagem , que encima sua postagem e com a beleza, sensualidade e sensibilidade do seu poema.
Rosa vermelha, lábios vermelhos, que afloram desejos.

Parabéns pela criatividade.
Boa semana.

Abraços de luz.

Cidinha disse...

Olá amigo Antonio. Estou aqui para desejar uma ótima semana de paz e poesia sempre. Maravilhosa inspiração! Perfeito poeta. Adorei! Grande abraço com carinho.

Rosa Mattos disse...

Sedutora, misteriosa, fascinante, sua flor dos deuses.

Flor assim é raridade. Não se encontra em qualquer jardim.

Abraços../

LUZ disse...

PALAVRAS


As palavras soltam sentimentos,
Exprimem, diferentes pensametos,
Que nos revolvem a gaveta da alma.
Mágicas, ternas e esperançosas,
Como o gosto do aroma das rosas,
Palavras, que nos devolvem a calma.

Todas elas têm a minha prefrência,
Nos ápices da pãixão e do fulgor,
As mais doces as que mais anseio,
As, que, sofregamente, saboreio,
Como se comesse vermelhas rosas,
São as da tua serva boca, meu amor.


Luz.

LUCONI disse...

BOA NOITE, QUERIDO AMIGO ESPERO QUE NÃO FIQUE ABORRECIDO COMIGO, TOMEI A LIBERDADE DE POSTAR TUA BELA POESIA LÁZARO EM MEU BLOG, DOPNDO-LHE OS CRÉDITOS, E QUERO TE AGRADECER POR ABRILHANTAR A MINHA PÁGINA, TEUS BELOS POEMAS SEMPRE TRAZEM MUITO AMOR E LUZ. BEM AGORA FLOR DOS DEUSES É MAIS UMA ENTRE TANTAS OBRAS PRIMAS SUAS, VOCÊ TEM O DOM DE PINTAR SEMPRE UM QUADRO DE AMOR COM TONS FORTES E EXTREMAMENTE BELOS, BEIJOS LUCONI

Luís Coelho disse...

Um soneto maravilhoso onde conjuga a cor com o olhar e o desejo.~
São perfumes e cores divinas que só aos Deuses convém.

Bem haja amigo por esta sensibilidade poética.

Bergilde disse...

Antonio,
Acredito que como eu, toda mulher se emociona ao receber flores e as vermelhas têm aquele significado implícito do desejo,da paixão.Sua poesia combina perfeitamente a isso.
Grata pelo carinho, grande abraço e uma ótima semana pra ti!

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema emocionante, parabéns amigo.

♫*Isa Mar disse...

Oi Antonio, e é minha flor preferida, um lindo poema, cheio de paixão e beleza.
Que sua semana seja abençoada, beijos no coração!

O Árabe disse...

Bela imagem, meu estimado irmão. Quase tão bela quanto aquelas que evocam as tuas palavras. :) Meu abraço, boa semana.

✿ chica disse...

Que linda flor essa!!
abraços e muito obrigado pelo carinho pelo niver!!!

Tô velhinha,rsrs abração,chica

ValeriaC disse...

Belíssimos versos meu querido amigo...perfeição de flor e amor...
Que seu dia seja pura harmonia...beijinhos
Valéria

Olinda Melo disse...

Ninguém descreveria melhor esta 'Flor', do que o meu amigo poeta.Todas as palavras maravilhosas que eu poderia ir buscar em meu socorro estão aí, contidas neste seu poema. O que me resta, então? Resta-me desejar-lhe muitas felicidades e inspiração para nos prestigiar sempre com versos como estes.

Abraço e boa semana.

Olinda

Sonhadora disse...

Meu querido

Que as pétalas dessa rosa perfumem o teu caminho.
Como sempre maravilhosamente belo.

Um beijinho com carinho

**♥✿-franciete filipe-✿♥** disse...

Meu querido amigo, como o tempo por vezes nos cega ao ponto de deixar passar tão lindo poema, aqui e agora sou eu a retratar-me e a pedir desculpas mas como elas não se devem pedir mas sim evitar eu tentarei estar mais atenta possível para que não volte a cometer o mesmo erro. Mas errar é humano e eu sei que sou desculpada.
Agora já chega de lamechices, te desejo um lindo dia pois ai agora está melhor tempo do aqui aqui está a ficar frio e chuvoso, beijinhos mil de luz e muita paz...

Soraya Chaude disse...

Como um amor assim quase diria ser perfeito, quem me dera encontrar um desse jeito