sábado, março 26, 2011

Tua Ausência

Tens a essência graciosa das flores
Nos sonhos dos mundos infindos
De encantos, de histórias e amores
Carícias de corpos, singelos e lindos

Por entre flores singelas de encanto
Por entre os brilhos da luz radiante
Entre perfumes do lírio, e um tanto
Por entre o sonho de amor exultante...

Busquei-te nos sonhos de outrora
E em cada ser, para ver se eras tu
Nos mundos, nas letras, poemas afora...

Findou-se o dia do amor que verti
Forjado na alma contrita do sonho
Restando poemas do amor que vivi...