segunda-feira, maio 09, 2011

Frutos Divinos

São frutos dos deleites, carnais, e delicados,
Tuas mãos ebúrneas, das flores e os delírios;
Teus pés angelicais, divinais e perfumados,
E tua cabeleira, adornada como os lírios.

Tua boca sedutora, que adoçam com os beijos,
Dos sonhos extasiantes de febril apaixonado;
Teus olhos que refletem a paixão e os desejos,
De amores e a lascívia, exultante e alucinado.

Os frutos que gerados da matéria abençoada
Virginais e majestosos em sublime escultura
Florescem abundantes com a chama emanada
Nesta graça feminina do amor que transfigura

Mas essa tua forma, de volúpia e sensação
Acendem uma chama, da mais pura alegria;
Que vertem dos mistérios dos amores e paixão,
Adoçando paladares, que alimenta, e que extasia!


*Imagem: O Nascimento de Vênus - Sandro Botticelli