sexta-feira, maio 27, 2011

Diante de Ti

 
Que poder é esse que há em teu Ser
Que me eleva diante de teu altar
À tua mesa, em teu templo ao te ver,
Sentindo o Amor Eterno pulsar?

O amor te completa, a paz te conduz
Na alegria da festa, solene, inaudita.
Tua vida transcende, reflete e reluz
Cingindo tu’alma, gloriosa, bendita.

Esplendores de mundos imensos
Envolvendo o teu corpo divino,
São clarões luminosos intensos!

Teu amor soberano, divino, etéreo
É o maior dos profundos encantos...
Lótus formoso é, da vida doce mistério!