sábado, outubro 15, 2011

Flor Nirvanizada


Quando este lótus à noite desabrochar,
Quero estar junto a ti, no êxtase do amor.
Minh’alma te envolver, tu’alma acariciar,
Nirvana, sublimação, enlevo e esplendor!

Não quero perder nem um único segundo,
Dos sonhos de amor, divinos, neste altar.
Quero neste encanto, eterno e tão profundo,
Com afagos e os beijos, teu corpo acalentar.

Trago em minha mão, a doce afinidade
Hinos de amor, da luz e dos perfumes,
Sonhos, e mistérios, gozoso, felicidade!

Pois minh’alma, na tua vai transbordando
E como este lótus, das doces emanações
Será a tua flor com a noite desabrochando.