domingo, novembro 13, 2011

A Oferenda

À meia-noite quando o galo canta
A Graça vem, sopra com a mão
O Poderoso, Justo te alcança
Na plenitude do teu coração

Alcança o aflito, com sua virtude
Que hoje sofre com sua aflição
Os anjos todos, nessa atitude
São portadores da divina ação

Os santos anjos zelam guardiões,
Nos quatro cantos que nos céus habitam;
Levando a Deus as imprecações.

A oração, que do justo vai fluindo,
Um anjo beija e se enternece;
É uma oferenda, para Deus subindo.


Inspirado no Zohar, o Livro do Esplendor

O Zohar é fonte de inspiração e sabedoria para os iniciados que ousam adentrar aos segredos da kabbalah. Seus principais focos são a teosofia - a interação das sefirot e seus mistérios, a conduta humana e o destino dos buscadores das verdades eternas neste mundo bem como no mundo não material.


*Imagens e comentário são da amiga Lupy do blog Ponte Oculta
http://ponteoculta.blogspot.com/