domingo, fevereiro 26, 2012

Inefável Desejo


Teu corpo sensual dos mistérios, da paixão,
Acende uma chama cintilante e um coração...
Esta forma curvilínea, sedutora e soberana,
De fremente sensação e de púrpura romana;
Exibe uma beleza mas também a nostalgia,
Dos mistérios de amor, solidão, melancolia...

Teu perfil revela a alma vaporosa dos desejos,
De um enlevo pueril, gracioso dos teus jeitos;
Que tu, rosa delicada, sedutora das quimeras,
Exala em aromas, doutros mares, doutras eras!
E para sentir o teu perfume, teus quebrantos,
As rosas para mim são martírios, são encantos!

Pois espiritualizei nos sonhos mais distantes,
Dos astros, dos sóis, das estrelas fulgurantes;
Toda esta dor que em minh’alma ora clama!
Dolorosa sensação, que por ela se derrama,
Por querer ver-te para mim, um Fado cantando,
Fosse no céu, na terra, ou numa estrela cintilando...

Mas quanto ao Amor, dos sublimes inefáveis,
Que as centelhas, transcendentes, insondáveis;
Em tu’alma apagar-se como apaga uma chama,
E esmorecer como voz que não vibra, não proclama;
Terás ascendido aos outros céus sublimes localizados,
Em meus sonhos inspiradores, duma Luz, eternizados!


25 comentários:

LUZ disse...

QUASE SEM PALAVRAS, ACREDITE!

Li esse poema, e nele me revi. Inconsciência, vontade, dilema? Não sei o que dizer.
Meu estimado amigo, António, como conseguiu dizer tudo isso? Parece, que "soltou um rio", o seu rio de emoções e se deixou morrer, aliviar na foz.
Parece, que está percorrendo um corpo, de mulher, repleto de aromas, de rosas, cheiros e sabores, que o inebriam, que o martirizam, mas, que tanto o encantam, o seduzem.

QUE METÁFORAS OUSADAS E "INOCENTES", VOCÊ USOU!

O seu "eu lírico", hoje, "perdeu a cabeça", o meu já há algum tempo, que não tenho mais mão nele.
Espero, que, os dois se não encontrem, senão haverá um cataclismo... de entrega, de verdade, de esperança e de aliança.

PARABÉNS PELA SUA SENSIBILIDADE E PELA ARTE DE AMAR.

A imagem, que encima sua postagem, está, divinamente, linda, procante, sensual e decente.

A LUZ, a sua, sempre, será eterna e sua musa inspiradora.

Bom domingo e boa semana, com amor.
Beijos de luz.

LUZ disse...

António,

Queria escrever: PROVOCANTE.

Beijos de luz.

Kellen Bittencourt disse...

Belo poema, amigo, sublime amor sublime entrega! Parabéns! abraços

Magia da Inês disse...

Muito, muito lindo!
Uma belíssima semana!
Beijinhos.

¸.•°`♥✿⊱╮
ღ°ºMinas♫º

Arnoldo Pimentel disse...

Amor e desejo num lindo poema, parabéns amigo poeta.

Centelha Luminosa disse...

Que maravilha!

Seu poema transborda amor e paixão...Adorei!

Gosto do teu blog, e dos teus poemas. Voltarei!

Abraços!

Flor de Jasmim disse...

Antônio
Sublime meu amigo!
Tudo o que acrescentar vou estragar.

Deixo o meu beijinho e uma flor

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Perdi o fôlego a ler tão fantástica declaração de amor...juntando a ele todo o desejo, toda a paixão que a ele estão associados. O corpo da mulher amada...sensual, transpirando paixão, sempre cantado por poetas e aqui magnificamente cantado por ti, meu amigo. Como diz a sua amiga Luz..." o seu eu lírico, hoje perdeu a cabeça", mas...perder a cabeça por amor vale sempre a pena. Fiquei deslumbrada, António e não tenho mais palavras. Bendita a mulher que é amada dessa forma. Fica bem e que o amor e paixão nunca te abandonem. Paixão e amor tem que fazer parte da nossa vida. São o tempero dos nossos dias.Um beijinho
Emília

Sonhadora disse...

Poeta

Uma suave melancolia neste belo poema...que essa Luz que te ilumina tão ardentemente, continue a fazer-te derramar tão belas palavras nos teus poemas.

Um beijinho
Sonhadora

Celina disse...

OI AMIGO, COMO VOU FICAR DE REPOUSO UNS DIAS, , ESTOU APROVEITANDO PARA COMENTAR O TEU TRABALHO. OLHA AMIGO, AO LER O TEU POEMA É MESMO QUE ESCUTAR SONATA AO LUAR DE BEETHOVEN.ABRAÇOS CELINA

Cidinha disse...

Bom dia, amigo. Perfeito! Belo poema. Quanta emoção e sensualidade. Sedução! Belissimoooooo. Bjos e uma linda semana! Obrigada Antonio pelo carinho da amizade.

♫*Isa Mar disse...

Nossa, que beleza de poema, eu diria incandescente rsss
Beijos meu amigo poeta, que tua inspiração seja eterna, boa semana!

ValeriaC disse...

Nossa! Que poema mais inspirado meu querido amigo e Poeta...estes teus versos emanam vida, amor e desejo.
Doce semana, beijinhos
Valéria

O Árabe disse...

Desejo e poesia... que bela combinação, irmão! Meu abraço, boa semana.

Hana disse...

Nossa que soma de amor sem fim com paixão e desejo contido, sempre com presentes literários fantástico para a gente né amigo meu!
Com carinho
Hana

M@ria & M@ria disse...

Nem sempre é conveniente virar a página,
às vezes é preciso rasgá-la!

Achille Chavée


Bom dia e carinho meu...M@ria

LUCONI disse...

Boa noite meu amigo, nossa me emocionei com teu belo poema, talvez por que depois de tanto amor tu lembras a ida, a partida aos céus, a separação mesmo que momentânea, e isto dói na alma, mas eu sei é inevitável, beijos Luconi

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Pois é amigo aqui estou eu para comentar mais este poema, como tantos maravilhosos que por aqui tem passado. Mas cada um deles é um pedaço de alma que vai saindo, às vezes nem se sabe muito bem de onde eles surgem mas de certo que andará para aí algum anjo a te inspirar para que eles saiam sempre na perfeição, te desejo vida longa com qualidade para que nos possas sempre alegrar a alma com estas maravilhas ditadas pelo poeta mas inspiradas pela natureza.Beijinhos de luz, paz e muito amor porque só com ele saem estes poemas...

Marilu disse...

Querido amigo, você tem emoções a flor da pele. Tudo o que escreve é pura sensualidade. Beijocas

Toninhobira disse...

Sonhos espiritualizados é lindo amigo e faz esta poesia cheia de encanto no lirico fantastico.
Voce brilha como a estrela que ora guia sua poesia.
Bom te ver amigo com esta força poetica peculiar.
Meu saudoso abraço.
Paz e luz nos seus dias.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Soberbo!

um abraço
cvb

LUZ disse...

Olá estimado António,

Vim, apenas, visitá-lo e o reler.
Lhe quero desejar uma sublime 5ª feira, repleta de carinho, alegria e felicidade.

Beijos de luz, que já se avizinha.

Bergilde disse...

Um poema frisante sem nada de vulgar.Muito bonito,parabéns!
Abraços,

Ange disse...

Prezado poeta António, li com enorme satisfação seu comentário lá na minha página.
Sinto-me deveras lisonjeada com tão amáveis e muitíssimas generosas palavras.
Aqui presente neste seu espaço, sou eu quem deve te aplaudir!
Que coisa linda você crio aqui! Um texto que parece descrever uma outra época, uma outra história...
Um texto que nos deixa com um sabor de poesia na boca. Muito lindo!
Uma linda e inspirada noite para você!
Abraços e lembranças
Ange.

Olinda Melo disse...

Esse inefável desejo chegará ao coração da Escolhida e o Fado cantado e dedilhado em guitarras tocará ao âmago da sua Alma. E o Amor se cumprirá.

Momentos poéticos de grande intensidade, caro Antônio.

Abraço

Olinda