quinta-feira, março 01, 2012

Essência D’alma


Ó linda Flor, dos jardins, e dos altares
Graciosa Flor dos encantos de menina
Rosa virgem, perfumosa dos luares
Flor vermelha, taciturna e feminina

Do aroma, e dos mármores cinéreos
Da magia do amor e da límpida candura
Flor etérea dos amores, dos mistérios
Da beleza virginal e d’alma pura

Ó Flor casta, que aroma, que purifica
Que pranteia em cânticos sutis velados
De essência divinal, esplendorosa e rica
Que extasia com seus cânticos sagrados

Ó Rosa linda, Rosa virgem desconsolada
Rosa da solidão, espiritual e sedutora
Onde estará teu amor, alma desamparada
Amor dos devaneios, erma linda, sofredora?

Faz descer sobre mim, o véu do teu amor
Na unção adocicada dos teus encantos
Para difundir-me na essência da tua dor
Para consolar-te no âmago dos teus prantos!



40 comentários:

LUZ disse...

Olá estimado António,

Mais um belo poema, dedicado a uma rosa-mulher.
Riquíssimmo de vocabulário, morfologia e sintaxe, perfeitas.
Essa flor, que aos olhos do seu "eu-lírico" é a mais frondosa, a mais bela de todos os jardins, é, acima de tudo, casta.
E como ela não sabe onde está seu amor, o poeta se presta a lhe dar conforto, guarida, porque a ama.

Divina noite com rosas.

Beijos de luz.

Ange disse...

Amigo, se eu fosse esta Flor Rosa, deixaria então descer o véu, e inclinava-me diante tão belo poetar!
Admiráveis inspirações! É cada uma mais bela que a outra!
Aplausos! Uma linda noite!
Com carinho.
Ange.

VILMA PIVA disse...

Belissimas poesias encontrei no seu blog. Adoráveis. Te sigo. Beijos

TITA disse...

Belíssimo canto de amor.E de que bela flor tu cuidas....Um abraço.

Olinda Melo disse...

Meu caro poeta

Eis um apelo lindo e amoroso a uma bela Rosa que, apesar do seu encanto e beleza, vive sofrida e na solidão.
Tudo indica que ouvirá, feliz, este lindo canto de amor.

Belo poema.

Grande abraço amigo.

Olinda

Toninhobira disse...

O amor está solto no ar amigo neste belo poema com sua marca.Com este com um casamento perfeito.
Meu abraço e bom fim de semana com paz e alegria.

Marilu disse...

Querido amigo, feliz da rosa que for amada dessa maneira. Linda poesia. Beijocas

Noris Capin disse...

Bella poesia, en un lenguaje precioso. Te felicito.

Flor de Jasmim disse...

Antônio
Lindo!
Como a Rosa linda da solidão!
Que ela deixe cair seu véu para ti.

Gostei do video, estive para p publicar no passadpo fim de semana.

Beijinho e uma flor

Kellen Bittencourt disse...

Olá Antonio, que poema mais doce e perfumado, muito sensível e apaixonado! Gostei! Abraços

ONG ALERTA disse...

A flor masi bela da vida....
Abraço Lisette.

Lourdes Ariana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Celina disse...

0I POETA, BOA NOITE , POESIA COMO SEMPRE MUITO BONITA, BEM INSPIRADA, E A MÚSICA MARAVILHOSA, UM ABRAÇO CELINA

LUZ disse...

Olá estimado António,

Obrigada, obrigada!
Acredite, que aqui, me faltam as palavras, porque os seus comentários, em meu blog são de uma ternura, de um carinho, inqualificáveis.
Pensava eu, que só as mulheres eram curiosas, mas não. Os homens, também, o são.
Quem será o eleito, a quem o meu "eu lírico" dedica aqueles poemas?
Decerto, um príncipe! E aquele, de que falo em meu poema, foi bastante atiçado, para aquela noite de amor. Este poema tem entrelinhas, e aí reside a chave, a solução do poema.
Eu falo de sentires. Hoje, já estou "sofrendo" porque não sei sobre o que escrever para a próxima semana, isto é, estou desprovida de ideias.
Mas, repentinamente, espero bem, se faça luz, mas juro, querido António, que não sei do que vou falar, escrever.

Grata pelo seu sentimento, apreço e estima.
Bom fim de semana.
Beijos de luz.


AFECTO

Nosso afecto é além da vida,
E além, muito além do querer,
É algo leve, císmico, mágico,
Que não conseguimos entender.

Nosso sentimento puro, o envolve,
E me absorve, inteira, pode crer,
Juntando os dois, nessa dimensão,
A transformaremos em sublime viver.

Divino, você me espanta e encanta,
Como o sol, ao radiante amanhecer, Como botão de cravo vermelho, doce,
Inebriado, alucinado, para nascer.

Nessas pétalas de relevante cor,
Quando o sol leve beija à tardinha,
São apenas desejos, prantos de dor,
Dessa flor, que é toda, e só minha.

Luz

LUZ disse...

António,

Devo refazer a terceira estrofe do poema. Não tem métrica certa, por lapso de digitação.


Divino, você me espanta e encanta,
Como o sol, ao radiante amanhecer,
Como botão de cravo vermelho, doce,
Inebriado, alucinado para nascer.

Luz

MARLENE disse...

parabens meu amigo antonio por mais este belo poema passeipara deixar um abraço desejar um lindo final de semana bjs marlene

Sonhadora disse...

Meu querido

Não tenho palavras...que essa musa cheia de Luz te continue a iluminar e dispa o manto.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Mada disse...

Perfeito António, um sentir único acompanhado de uma música que considero maravilhosa! Beijo e muita paz
Mada

Maria disse...

Meu amigo poeta quanta ternura e amor contido nestas palavras. Feliz a rosa que é amada de forma tão sublime.
Bom domingo
beijinhos
Maria

Cidinha disse...

Olá, Antonio. Belo amigo! Seus poemas tocam a alma. Muito me emociona e é sempre um prazer passar por aqui! Bjos poeta. Lindo domingo!

Pedro Menuchelli disse...

Antonio,

Sempre que venho aqui fico entretido muito com suas poesias que são de enorme reflexão pra mim. Em todo caso, hoje fiquei muito feliz, diga-se de passagem, com a musica que você colocou junto com o texto. Parece que os dois se unem e formam uma coisa só, capaz de fazer o leitor marcar momentos de reflexão e sentimento.

Gostei muito, de verdade.
Me perdoe pelas poucas palavras, mas, é uma das musicas que meu pai mais gosta. E quando o assunto é meu pai, fico pensando mais e falando menos. Muito obrigado por tudo Antonio.

Um grande abraço e eu te considero muito! Mesmo.

De seu amigo e leitor,
Pedro

Sonhadora disse...

Meu querido

Ouço-te deste lado da margem...silenciosa e terna construindo pontes e caminhos que atravessam o tempo...num poema imaginário vagueio entre os teus sonhos...guardando as tuas palavras como se fossem pétalas...sentindo os teus poemas como se fossem rosas...instantes efémeros que ficarão eternizados no coração da tua musa.

Beijinho com carinho
Rosa

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, olha só respondendo a pergunta que me fez no blog, existem sim muitas semelhanças entre a civilização Inca e Egípcia, religiosas, sociais, etc, e há quem queira ligar uma a outra porém as mesmas viveram em épocas bem distintas por isso os pesquisadores e cientistas não aprovam muito uma relação devido as semelhanças e tratam apenas como coincidências, Mas afirmar que os Incas seriam como se fossem os egipcios, apenas mesmo no sentido de que se trata de antigas civilizações que deixaram uma herança arqueológica no seu continente, ai sim, acho que podemos dizer!Abraços e muito obrigado pela sua presença no Blog, seja sempre muito bem vindo!

O Árabe disse...

Belo reflexo, meu irmão, da poética essência da tua própria alma! Meu abraço, boa semana.

Chiquinha Menduina disse...

Querido Antonio, vir aqui é na certa sair com a alma cheia de amor e beleza tuas poesias me encantam e dão vida, estou voltando aos BLOGS, estou melhor da saúde, apareça, beijos amado poeta.

MENDUIÑA

ValeriaC disse...

Sublime, pleno de uma delicadeza seus versos meu querido amigo, maravilhosa musica, linda...
Hoje me dei conta que alguns dos seus coments e de alguns amigos, tinham sido classificados como spam e como acompanho os comentários pelo e-mail não havia percebido que não estavam sendo publicados. Mas passei por todos os meus blogs e já os publiquei. Me desculpe não ter percebido antes, viu? Vou ficar mais atenta agora.
Boa semana amigo, beijos,
Valéria

LUZ disse...

Boa noite estimado António,

Como passa?
Claro, que o que mais interessa são as emoções, os estados de alma, que exprimimos, nos poemas, mas o facto de eu ser Professora de Língua Portuguesa, me faz ver, sempre a métrica, acentuação e chave do poema.
É deformação profissional, querido amigo.

Estive escutando o vídeo, que colocou em seu blog. Não conhecia essa canção deste grupo tão famoso. Minha mãe adorava eles e os Beatles, também.

Boa semana.
Tenho de passar pelo seu outro jardim e colocar um lírio, de coração.

Beijos de muito carinho e luz.

Bergilde disse...

A música escolhida é linda,a poesia é o mesmo-muito especial.Felizarda a sua musa de inspiração!Abraço carinhoso,bom dia!

Arnoldo Pimentel disse...

Simplesmente lindo seu poema amigo poeta.Parabéns.

Luz de Vagalume disse...

Parabéns por mais um belo poema,as palavras tornam-se musica e na cadencia tornam-se imagens!
Um grande abraço de Luz

Zilani Célia disse...

OI ANTONIO!
QUE POEMA LINDO.
EXALTAS UMA ROSA PERFEITA EM SUA FORMOSURA, PUREZA, E BELEZA, FAZENDO DELA A TUA IDEALIZAÇÃO EM FORMA DE MULHER.
ABRÇS
Click AQUI

Amor feito Poesia disse...

Amor & Poesia neste seu dia!
Beijos na alma e coração!! M@ria

LUZ disse...

António,

HOJE, não me dê flores, por favor.
Me dê rosas e amor, por todo o ano.

Beijos de luz.

♫*Isa Mar disse...

Oi amigo, ler teus poemas é viajar pelos recônditos da alma.
Sempre bom passar por aqui, beijos com carinho!

Multiolhares disse...

como sempre perfeito, a tua musa deve adorar
bjs

Daniele Barizon disse...

Lindos versos, amigo!

Bj s e boa semana!!

OceanoAzul.Sonhos disse...

Lindíssimo poema com uma musica que adoro!

abraço
cvb

LUCONI disse...

Meu amigo está tudo bem contigo? Espero que sim de coração, agora que poema mais belo, dedicado a alguém que sofre e o poeta por amá-la sofre junto querendo arrancar do seu peito a dor, usando o teu amor por lenitivo, nossa lindo isto, beijos Luconi

Santa Cruz disse...

Olá Amigo Antónia que essa rosa e linda flor seja sempre perfumada dentro do teu coração e da tua alma.
Um abraço
Santa Cruz

Maria Alice Cerqueira disse...

Prezado amigo,
Vim agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho magico coração,
gostaria lhe oferecer um selinho dos 500 seguidores como prova de minha gratidão.
Venho pedir a voce o seu votinho para a minha poesia,
Sentindo a Vida
que está concorrendo no Ostra da poesia Blog da Lindalva
Clik no link http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
e conheça e vote na minha poesia.
Como votar
DIGITE O NOME DA POESIA E O LINK DO SEU BLOG
(é importante deixar o link para seu voto ser validado)
Desde já agradeço de todo o coração a seu apoio e votinho
Tenha um lindo dia
abraço Fraterno
Maria Alice