segunda-feira, abril 30, 2012

Flor da Ilusão




Donde vieste tu, que nos mistérios da lúxuria
Tão voluptuosa e insinuante em teus atributos,
Maravilhando os olhos, despertando em fúria,
Dentre suaves canções, e teus dotados frutos?

Esta tua carne abundante, graciosa, aveludada
Que aos olhos da cobiça, e do desejo fremente,
Felinamente insinuando, vaporosa e delicada,
Parece a serpente, dançando a dança do ventre!

Ah! Mas as sensações sutis, loucas e ardentes
Provocadas pelas convulsões destes anseios,
Fluem em sensualismo, de lúbricos frementes,
Despertados por esta dança de tantos volteios!

És tu a flor duma ilusão, talvez uma flor carente
Vinda de um amor fenecido, de um pobre artista,
Despertando paixões ingênuas, desdenhosamente,
Flor de um pecado oculto, imperdoável, fatalista!




sexta-feira, abril 27, 2012

Flor do Templo


 Óh Flor, que aroma os sonhos de insanos desejos secretos,
Procuram por ti, tantas almas, pelas vastidões do infinito!
Tu que em teu leito adornado de tantos beijos e mil afetos,
Deusa do Amor! Do mais puro, cândido, sublime, bendito!

Através do teu perfume, e onde se condensam tuas belezas,
Néctar do meu amor, da minha fé, e daquilo que comungo!
És bálsamo que inebria minha alma com místicas purezas,
No jardim do templo dos lindos sonhos, e sagrado mundo!

Óh Flor dolente, e ao mesmo tempo, plangente, dilacerada,
Flor da realeza, dos campos adormecidos, do meu coração;
Leva contigo essa doce canção tão loucamente amargurada
E esta saudade que ora invade, nesta extasiante fascinação.

Óh encantadora Flor do templo, sinto em ti certo abandono
Flor de uma formosura que passou pelas estações d’outrora!
Há certa graça mística, singela, desbotada, de outro outono
Neste momento que minh’alma medita, e por ti ainda chora!




domingo, abril 22, 2012

Choro de Deus



Os céus molham a terra em um pranto divino...
Os mares estão de ressaca, tamanha agitação!
É Deus irado, ao descer em um fogo repentino,
Para prantear sua obra por tamanha devastação...

-Minha fauna, minha flora, os seres do meu coração...
O que fizeram? - Assim Deus pranteava, enfurecido!
A obra que construiu, com afinco, amor, e paixão,
É o corpo violentado da Mãe, contaminado e ferido...

Se és Criador, e já sobre o mal tens triunfado,
Desvenda o Apocalíptico mistério obscuro
Que envolve teu Ser, da auréola que te faz divino!

Pois, os golfinhos estão atordoados no arpão
As baleias são rasgadas pelas mãos do demônio,
Os mares morrendo, os homens fazendo serão...


                                                       


Homenagem ao Dia Mundial da Terra



quarta-feira, abril 18, 2012

Conhecendo o Blogueiro




MEME CONHEÇA O(A) BLOGUEIRO(A)Este meme foi-me indicado pela amiga Luz do blog http://afectosecumplicidades.blogspot.com.br/ - Afectos e Cumplicidades.
Recomendo a leitura e apreciação do mesmo, não só pelo fato dela ser uma grande poetisa, mas sim, pelo conteúdo de seu lindo blogue, onde os poemas e sua alma dão o tom. 
Nele podemos encontrar romantismo, conteúdo literário de ricas inspirações, simpatia, e o amor com que ela trata seus leitores.
Obrigado, portanto, amiga querida! É um imenso prazer ser um dos teus leitores.

Agora, passarei a responder os questionários.

1 - Quando surgiu a ideia de criar o seu blogue?
A ideia surgiu, quando conheci o Recanto das Letras.
2 - Origem do nome do seu blogue.
Vozes de Minha Alma foi uma inspiração daquilo que sinto, e uma expressão da minha própria alma.
3 - Você teve/tem outros blogues além deste?
Sim, tenho outro blogue chamado Lírio das Almas.
4 - Já pensou desistir alguma vez do seu blogue?
Não, embora que o tempo para mim ande escasso, por vezes penso num retiro para quem sabe, voltar com mais inspirações.
5 - Mande uma mensagem para os seus seguidores.
Meus queridos amigos(as), a todos quantos tem me acompanhado e me seguido.Só posso é agradecer aos céus, a Deus e aos Anjos pelas bençãos que tem sido vocês em minha vida! Posso dizer que sou rico do amor de vocês todos.

Sobre a Blogueiro: Antônio Lídio Gomes
1 - Uma música: Save a Prayer do Duran Duran.
2 - Um livro: As Máscaras de Deus, Joseph Campbell.
3 - Um filme: Os Outros com Nicole Kidman.
4 - Um hobby: Ler, escrever, ouvir música e assistir filmes.
5 - Um medo: Que o planeta seja destruído por nós mesmos.
6 - Uma mania: Deixar os sapatos na porta quando venho da rua.
7 - Um sonho: Voar.
8 - Não consigo viver sem: Amor e amizade.
9 - Tem coleção de alguma coisa? DVDs de filmes antigos.
10 - Gostaria de fazer alguma pergunta aos próximos participantes? 
Não. Apenas e tão somente agradecer a todos, e à amiga Luz que me indicou.


quarta-feira, abril 11, 2012

Inspiração


A inspiração iluminada destes clamores,
Minha doce ilusão de tão gentil quimera,
Vem adocicar esta vida sem primavera
Como um bálsamo p’ra todas as dores!

Mas ao adentrar n’alma esta inspiração,
Escrevo sobre um amor que tanto apraz,
Como uma transubstanciação que me faz
Querer te amar e numa louca afeição!

Como a luz guiadora veio esta inspiração,
Que para amenizar ainda trouxe suas flores
E canta minhas dores ao ritmo do coração,

Pois quanto mais por ele e nele me inspiro,
E quanto mais penso viver deste amor,
Penso que é este amor, como Ar que respiro!


sexta-feira, abril 06, 2012

*Liberdade da Alma*


Na liberdade que a matéria anseia
Essa que sem os grilhões imensos
Na escuridão brilha uma candeia
Dos sonhos profundos, intensos

A liberdade é o cântico do coração
Do Amor febril, e do Amor latente
Dos sentimentos da eterna paixão
Essência da Vida, sagrada, ardente

Há no mistério do Amor derradeiro,
Toda plenitude por Deus concebida,
Em Graça Divina, Bendita, Augusta!

Que desse corpo liberta as amarras,
Fluindo do Céu encantos sagrados,
Relíquias da Graça, Bendita e Justa!



A Páscoa significa Liberdade, e muitas festas judaico cristã estão relacionadas a esse tema.
Um dos elementos essenciais que simbolizam a Páscoa é a redenção prometida por Deus através de Moisés aos filhos de Israel, e no cristianismo, a redenção originada no sacrifício vicário do Cristo a todos que Lhe buscam.