quarta-feira, abril 11, 2012

Inspiração


A inspiração iluminada destes clamores,
Minha doce ilusão de tão gentil quimera,
Vem adocicar esta vida sem primavera
Como um bálsamo p’ra todas as dores!

Mas ao adentrar n’alma esta inspiração,
Escrevo sobre um amor que tanto apraz,
Como uma transubstanciação que me faz
Querer te amar e numa louca afeição!

Como a luz guiadora veio esta inspiração,
Que para amenizar ainda trouxe suas flores
E canta minhas dores ao ritmo do coração,

Pois quanto mais por ele e nele me inspiro,
E quanto mais penso viver deste amor,
Penso que é este amor, como Ar que respiro!


25 comentários:

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

SEM PALAVRAS...

Ivone Poemas disse...

Antonio, lindo poema, versos que nos faz pensar na alma inquieta que de repente vem isso aí, lindos versos inspirados no amor! Ah, o amor!
abraços amigo poeta!
Ivone

OceanoAzul.Sonhos disse...

O amor, um bálsamo para a alma.

Lindo poema!
abraço
cvb

Pedro Menuchelli disse...

Antonio,

Como sempre, seus poemas desdenhando as mais belas escritas dessa esfera maravilhosa. Eu gostaria muito de saber escrever assim, contudo, ainda peco em várias palavras e regras da escrita.

Pois bem Antonio, assim como fiz com a Emilia, gostaria de te agradecer por tudo até aqui. Suas palavras sempre me deixam mais feliz e as vezes, considero você como um pai. É incrivel essa confiança que possuo, mesmo longe. Mas, seu jeito de ser e sua forma de querer me ver bem é algo unico e que me faz muito bem. Obrigado por tudo tá?

Um grande abraço. De seu amigo e leitor,
Pedro

LUZ disse...

Olá querido e estimado António,

É sempre bom aparecer lá por "casa". É uma festa, acredite!

QUE INSPIRADO VOCÊ ESTÁ!
Depois me diz ao ouvido quem é a sua musa, tá?

Sua poesia deleita nossos sentires. É bom viver na ilusão, na possibilidade daquilo que julgamos ser pouco possível, mas nunca se sabe.

O CORAÇÃO NÃO CONHECE IMPROBABILIDADES!

Agradeço as flores, rosas vermelhas, que me trouxe, de novo.
Vamos colocar elas na jarra. Vamos?

Beijos, com ternura.



EXALTAÇÃO INSPIRADA


Acordei hoje e vi tudo diferente
O que era banal, se tornou total.
O céu está mais azul, o sol mais envolvente
E tudo fica mais belo, quando você surge na minha mente.

Encanta-me essa sua voz lírica, harmoniosa
Delicia-me sua poesia sagrada, grandiosa.
Ela inspira-me a querer viver com intensidade
E motiva-me a tudo querer e entender, com verdade.

Quem nunca com você esteve, nem imagina
Sua presença acalma a minha frágil e carente alma
Numa doçura tão nobre, carinhosa e
tão divina
Que chego a pensar, que sou, de novo, menina.

Não sou digna, merecedora, nem capaz
Ao sentir, vislumbrar sua elevada magnitude
Numa escala enorme, gigantesca de virtude
E vivo um intenso e imenso amor, que tudo faz.

Aqui, termino essa exaltação, essa inspiração
Antes que eu perca a cabeça ou o coração
Antes que a insanidade me domine, completamente
E antes, meu querido, que eu deixe de ser gente.


Luz

LUZ disse...

António,

Adorei a imagem, que encima o seu post.
Posso pegar a flor?

Beijos.

Flor de Jasmim disse...

Antônio meu amigo
A luz guiador pelo amor! Quando se ama as coisas fazem mais sentido.
Aplaudo de pé esta inspiração.

Beijinho e uma flor

Fatimawine disse...

Quanta inspiração.Soube-me a canção.
Poema recheado de emoções.
Abraço,

Celina disse...

Oi amigo bom dia, vim agradecer a sua visita e as gentís palavras. O soneto é muito bonito, a tua diva com certeza ficará feliz, de todo coração espero que sejas feliz. Um abraço fraterno Celina.

SOL da Esteva disse...

António, Amigo

Cantar Amor, falar de Amor, não é fácil para quem não sente. Aqui,"(...)este amor, como Ar que respiro!", respira-se.

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Toninhobira disse...

Este amor que é o ar que se respira.Bravo amigo.Voce sempre com dominio perfeito das poalavras que se encantam.
Belo trabalho amigo.
Abraço de paz e luz.

LUCONI disse...

Um amor tão imenso que tornou-se vital como o ar que respiras, nossa amigo você sempre me deixa sem palavras, teus poemas sempre falam fundo ao coração, bem és mestre e eu sua fã, beijos Luconi

Sonhadora disse...

Meu querido

Que esse amor seja eternizado na tua alma...e que essa musa te continue a inspirar, para continuares a entoar esses belos hinos de amor.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Marilu disse...

Querido amigo, que amor arrebatador comparado ao ar que respira. Lindo. Tenha um excelente final de semana. Beijocas

Estou sentindo sua falta no meu cantinho.

Rita disse...

Leio,gosto,e fico aqui sempre
pq tudo que você posta é muito
bonito da uma Paz gratificante
Bjuss de bom final de semana!!!

Amor feito Poesia disse...

Muita coisa que ontem parecia importante ou significativa amanhã virará pó no filtro da memória. Mas o sorriso (...) ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo.

Caio Fernando Abreu


Feliz e abençoado Domingo e beijos meus! M@ria

Maria disse...

Meu amigo poeta este poema é inspiração e encanto.
Bom domingo e uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

LUZ disse...

Oi estimado António,

Como vai?
Uma fatia de bolo está esperando você. Aceita?
O meme está publicado. Ele espera suas mãos, tal como conbinámos.
Dentro de dias, será, inteiramente, seu.

Beijos de muito carinho e luz.
Até logo.

Santa Cruz disse...

Amigo António o meu amigo nos supreende cada poema teu é a coisa mais linda adorei.
Um abraço
Santa Cruz

Ange disse...

E então parece ser o amor a primária fonte de todas as inspirações; mas infelizmente de muitas desilusões também....
Mas mesmo assim digo que a vida não teria nenhum sentido se não o tivéssemos e/ ou o buscássemos...
Prezado poeta é sempre um prazer vir aqui e ler de uma outra pessoa sentimentos no papel assim estampado. Minha admiração de sempre!
Uma linda e iluminada noite!
Ange.

LUCONI disse...

Amigo vim beber de teus versos e saciar a se de minha alma, teu talento sempre nos traz coisas lindas assim, a alma se aquieta e fica em paz, obrigada pelo teu comentário em meu blog, sempre me deixa muito feliz, beijos Luconi

Olinda Melo disse...

Haverá melhor inspiração que o amor? E o Antônio canta-o tão bem, colocando-o entre as flores da nossa sensibilidade, banhado de perfumes que nos envolve a alma. São mesmo vozes da alma, estes seus poemas que nos lembram sempre esse recanto encantado, onde se encontra a paz que se ausenta tantas vezes do nosso quotidiano.

Grande abraço, amigo Antônio.

Olinda

Olinda Melo disse...

Haverá melhor inspiração que o amor? E o Antônio canta-o tão bem, colocando-o entre as flores da nossa sensibilidade, banhado de perfumes que nos envolve a alma. São mesmo vozes da alma, estes seus poemas que nos lembram sempre esse recanto encantado, onde se encontra a paz que se ausenta tantas vezes do nosso quotidiano.

Grande abraço, amigo Antônio.

Olinda

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

O amor sempre inspira...é a Primavera dos nossos corações às vezes gelados pelos dias invernosos da vida; nem tudo são flores nos nossos dias, mesmo estando na Primavera, mas, se temos amor...se temos amizade, as flores aparecem e os chilreios dos passarinhos nos enchem de encantos. Lindo António e que continue assim o teu coração, carregadinho de amores...e também de flores. Um bom fim de semana! Um beijinho
Emília

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Antonio. Parabéns pelo seu blog e pela sua postagem.
Amor que faz com que desejemos mais e mais viver, é muito bom, é especial, e inteligente para termos uma vida saudável!
Beijo na alma, e fique na paz!