domingo, abril 22, 2012

Choro de Deus



Os céus molham a terra em um pranto divino...
Os mares estão de ressaca, tamanha agitação!
É Deus irado, ao descer em um fogo repentino,
Para prantear sua obra por tamanha devastação...

-Minha fauna, minha flora, os seres do meu coração...
O que fizeram? - Assim Deus pranteava, enfurecido!
A obra que construiu, com afinco, amor, e paixão,
É o corpo violentado da Mãe, contaminado e ferido...

Se és Criador, e já sobre o mal tens triunfado,
Desvenda o Apocalíptico mistério obscuro
Que envolve teu Ser, da auréola que te faz divino!

Pois, os golfinhos estão atordoados no arpão
As baleias são rasgadas pelas mãos do demônio,
Os mares morrendo, os homens fazendo serão...


                                                       


Homenagem ao Dia Mundial da Terra



29 comentários:

LUZ disse...

Olá querido António,

Poema, que revela bem seu estado de alma e aquilo que se está passando pelo mundo.

Há uma prece ao Criador, embora apareça a palavra "SE", para que esse estado de coisas se modifique.

O Homem está se destruindo a si próprio. Alguns, porém, ainda não entenderam isso.

Eu, Católica assumida, penso que tudo isso é, apenas, o princípio das dores.

DIA E HORA, NINGUÉM O SABE, SÓ MESMO O PAI, mas tudo nos indica que, o mundo não poderá continuar por muito tempo, desse jeito.
De qualquer forma, um dia para nós representa mil anos para Deus. Ele é Senhor do céu e da terra.

QUE SE FAÇA A VONTADE DO PAI E NÃO A NOSSA.

Agradeço, sinceramente, o bonito comentário deixado em meu blog, tal como o poema dedicado ao amor, essa entidade estranha, mas que nos prende, nos consome, nos deleita e se entranha.

Boa semana.
Beijos de muita ternura e luz.

Cidinha disse...

Querido amigo, maravilhoso seu post e poema. E tão triste imaginar, pensar que um dia tudo acabará. A natureza pede socorro e qui fazemos nós? E uma prece seu poema amigo. Belíssima imagem e vídeo. Obrigada! Desculpe a falta! Problemas com conexção. Bjos e boa semana!

Flor de Jasmim disse...

Antônio
quanta tristeza nas tuas palavras.
A mãe ntureza pede ajuda, mas a mão humana destrói.
Belissimo video, obrigada meu amigo pela partilha.

Beijinho e uma flor

Ivone Poemas disse...

Lindíssimo poema, hoje é o Dia da Terra,22 de abril!
Seu poema veio a calhar para assim nos fazer lembrar que temos sim que cuidar, cuidar com amor e carinho desse lindíssimo planeta que por incrível que pareça ainda é azul!!!
Abraços amigo Antonio de alma linda e sensível!
Ivone

Maria disse...

Meu amigo uma homenagem maravilhosa ao Dia Mundial da Terra. Um poema que transmite a alma nobre do poeta.
Bom restinho de domingo e uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

Maria disse...

Amigo poeta voltei para lhe dizer que pode trazer do meu cantinho o que desejar e gostar, fico sempre feliz por partilhar.
Um grande beijinho
Maria

LUZ disse...

Olá querido Antônio,

Não tinha visto a imagem e o vídeo colocados, a seguir à sua postagem.

A imagem está linda, angélica e sensual, docemente.

Quanto ao vídeo, são sete minutos e alguns segundos de prazer auditivo e visual.
Começa com uma música, que parece vinda dos céus, e a Natureza vai acontecendo, imagem, após imagem. Depois a flauta, que nos transporta para lugares idílicos, ZEN, completemente relaxados, despidos de raiva e de pranto.

E ali nos damos e ficamos.

Beijos da mais puríssima luz, com ternura.

Marilu disse...

Querido amigo, teu poema exemplifica muito bem como o ser humano está tratando a mãe terra, destruindo, contaminando, matando. Precisamos reverter esse quadro muito rápido, ou nossos filhos não verão mais as maravilhas da natureza. Tenha uma ótima semana. Beijocas

Caroll disse...

O homem está destruindo o próprio planeta, é triste....
Espero que isso possa mudar logo.
Abraços

ValériaC disse...

Um intenso grito de dor e alerta seu poema meu querido amigo!
É preciso que assumamos de vez a responsabilidade em preservar e cuidar da mãe Terra e seus seres e belezas.
Boa semana Poeta, beijos,
Valéria

O Árabe disse...

O inusitado da imagem, meu irmão, é superado pela beleza dos versos. Mais uma bela postagem! Meu abraço, boa semana. Salam Aleikum.

Celina disse...

Oi amigo poeta parabens pela inspiração de tão bonito soneto, esta nova geração está aprendendo e com certeza consertar tudo que os antigos fiseram, aprendemos que o mundo irá passar de mundo de expiação e provas para mundo de regeneração, este que estão derespeitando todas as leis, não voltarão mais , as crianças que estão nascendo são indi ou melhor especias, para evolução do terceiro milenio, abraços celina

Smareis disse...

Ola Antônio,

Triste palavras descritas por ti.

A natureza pede socorro.
A imagem e o vídeo é belíssima.Ótima semana grande poeta!

Um grande abraço!

Evanir disse...

Uma vez mais obrigada pela amizade e carinho.
Desejo que você consiga realizar todos os teus
objetivos no docorrer dessa semana,
pois você merece conquistá-las.
Sou grata a Deus pois mesmo estando
faltando muito com minhas visitas
Nunca deixa de visitar meu blog.
Deus te abençoe muito por tudo .
Espero colocar em ordem minha cosmumeiras visitas
em breve.
Beijos no coração.
Evanir..

O Mundo Pede Socorro Amigo Amado>

vendedor de ilusão disse...

Olá, já sigo seu blog, e convido-lhe visitar e seguir o meu.
Um abraço.

SOL da Esteva disse...

António, Amigo

Poema triste na tristeza do que vai acontecendo á nossa Terra.
Uma magnífica homenagem ao Planeta que nos sustenta.
Parabéns.

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Rita disse...

Vim deseja uma boa terça com
esses poemas que gosto muito
Abraços de bom dia
Bj Rita!!!

Toninhobira disse...

Beleza amigo,este grito, esta não aceitação da degradação.
Aplausos pela belissima e triste inspiração.
Meu abraço.

LUZ disse...

Oi Antônio,

Como vai, querido amigo?
Passando pra saber de você e porque tinha saudades.

Beijos sinceros, de estima e apreço.

Mery disse...

Como disse alguém "um grito de dor* um alerta"...
A Natureza violentada como dizes, e dependemos dessa *mãe para tudo...
Quanta verdade e desespero nesse poema; "se assim continuar não poderemos respirar ou beber água potável, seres do meu coração!
Triste!
Beijos, e boa semana!

BlueShell disse...

Obrigada...porque a Terra é de todos nós. Devemos protegê-la...
Lindo o teu texto, Bj

Sonhadora disse...

Meu querido

Um poema que é um grito de alerta para a destruição que cada vez é maior.

Deixo o meu beijinho com carinho
Sonhadora

Zilani Célia disse...

OI ANTONIO LIDIO!
QUE POEMA LINDO!
SOFRIDO, DORIDO, RASGANDO A ALMA DO POETA QUE VÊ A DEVASTAÇÃO, A DESTRUIÇÃO E NÃO CONSEGUE SE CALAR...
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

LUCONI disse...

Antonio estou sem palavras, um poema que é um grito de revolta, ao mesmo tempo um pedido de socorro para este planeta amado que tanto foi aviltado, parabéns meu amigo, uma obra digna de aplausos, beijos Luconi

MARILENE disse...

Compartilho sua indignação, transmitida lindamente, em versos.
Dia da terra! Que terra? Aquela que o homem não tem sabido cuidar e que está sofrendo e chorando, sem merecer os cuidados indispensáveis à sobrevivência de todos nós.

Bjs.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Enquanto o homem
se achar dono da natureza
e não parte dela,
as palavras do texto
serão sempre atuais,
reflexo de uma sociedade
onde o capital
é maior que a vida.

Maravilhoso texto.

Que sempre haja amor,
para alimentar de sentidos
nossa vida.

Olinda Melo disse...

Meu amigo

Chego um pouco atrasada em relação a esta sua Homenagem ao Dia Mundial da Terra. Mas eis-me aqui a tomar parte lendo estas suas palavras, num poema belíssimo, em que aponta a destruição da mãe-natureza pela inconsciência de tantos. Assim, magnificamente, nos diz que os Céus e a Terra choram perante tanta cegueira, cegueira essa que um dia poderá voltar-se contra nós.

Caro Antônio, muito obrigada por esta chamada de atenção.

Grande abraço.

Olinda

Kekel Vilar disse...

O amor de DEUS consertará a terra
pelo que nos mandou jesus para nos salvar!!

Zilani Célia disse...

OI ANTÔNIO!
TANTOS DESMANDOS, FERINDO A TERRA, OS SERES MAIS HUMILDES E CARENTES, NÃO TEM COMO ELA, QUE É NOSSA MÃE, NÃO SE REVOLTAR E MOSTRAR ISTO NA FORMA QUE SABE E PODE, SUA FORÇA E COM A QUAL NÃO PODEMOS COMPETIR...
LINDO DEMAIS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/