terça-feira, maio 15, 2012

No Entardecer


Quantas felicidades, com tu nesta vida...
Do amor mais sublime e um lindo querer!
Da vida amarga tornada tão linda,
Sonhada em minh’alma e um lindo viver...

Sonhada com o amor tão singelo glorioso,
Sonhada com estrelas ao céu envolver...
Eras tu, em meu sonho singelo e formoso,
Eras tu uma glória, que sempre quis ter...

Sensações dolorosas de uma vida acabando...
Sensações de uma vida sem graça ficar,
Sensações sepulcrais de uma vida expirando...
Descendo ao um leito na terra findar...

Há prelúdios, e há carinhos imensos,
Melancolias, perfumes, ermos lendários...
Há no entardecer, os brilhos intensos,
Há versos nostálgicos, pueris, solidários...


44 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema com rara beleza e intensidade, parabéns poeta.

Ivone Poemas disse...

Antonio, lindos versos,"...Há versos nostálgicos, pueris, solitários..."
Abraços poeta e obrigada por seus votos, dia das mães é todo dia mesmo!
Beijos em seu coração!
Ivone

Fatimawine disse...

Amigo António,

Saint Exupery dizia que quando estamos tristes gostamos de ver o sol posto.O seu entardecer é matéria prima de primeira qualidade.Com ele fazemos da vida um stock de felicidade.
Abraço,

Marilu disse...

Querido amigo, aquela senhora que está na foto comigo, era realmente minha mãe, mas já se foi vai fazer 19 anos, é uma saudade eterna. Obrigada pelo beijo que mandou a ela, com certeza ela o recebeu. Tenha uma linda semana. Beijocas

Ange disse...

Prezado António, boa noite!
Mais uma vez aqui repito...
És um Mestre, na criação destes belos versos; nostálgicos, pueris, solidários...
Aqui o entardecer jamais foi tão nostálgico e tão belo...
Aplauso meu amigo!
Uma linda noite.
Lembranças
Ange.

LUZ disse...

Olá estimado Antônio,

Sabe que é sempre bem vindo, não sabe? Não quero que responda. Eu sei. Eu sinto.
Foi ao entardecer que chegou, altura do dia em que o sol se esconde e dá lugar àquela penumbra envolvente, que nos faz ser mais autênticos.
A vida, por vezes, é amarga, madrasta, mas sonhada com amor, transforma-se num oásis, talvez, das MIL E UMA NOITES.
E nas mil e uma noites, todos nós temos direito a uma, a uma glória, lúcida e alucinante.
E quem disser que não, não está falando a verdade.

E QUANTA GENTE SUSPIRA PELOS CANTOS À ESPERA, APENAS, DE UMA PALAVRA, DE UMA NOITE, EM VERDADE!

Queremos que a vida dolorosa termine, e que surja uma nova vida, cheia de encantos, amores e flores (para mim, rosas vermelhas, por favor).

MUITOS PRELÚDIOS, MUITOS, MISTURADOS COM CARINHOS E, DE TERNURA, DILÚVIOS.

Que sua musa, seu anjo, lhe continue dando inspiração, leveza de alma e coração, para continuar fazendo esses poemas tão seus, tão nossos.

Grata pela visita, já há muito esperada, pelo terno comentário e pelo enternecedor poema, que deixou em meu blog.

OBRIGADA PELO SEU REGRESSO AO MUNDO DAS PALAVRAS, AFETOS E CUMPLICIDADES.

Beijos de muito carinho, admiração e apreço.

E como sempre luz, muita LUZ.

Toninhobira disse...

Penso se as vezes o todo nos leva à esta nostalgia ou se somos por excelencia seres nostalgicos,como numa sindrome de inquietude e quando vem a noite espreitar o dia,estes sentimentos se afloram como vento ondas que tudo levam.Otima sua inspiração que nos inspira.Belo trabalho amigo.Saudade daqui.Um abraço de minha estima sempre.Parabens amigo.

Tatiane Salles. disse...

Lindas palavras, lindo lirismo. A rigor, grande poeta! =]

Uma ótima tarde de quarta-feira.
Um forte abraço, Tati.

http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

Att.

O Árabe disse...

Em todos os entardeceres, meu irmão... em todos eles! Meu abraço, bom resto de semana. Salam Aleikum!

O Árabe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
TITA disse...

No entardecer da vida o amor há-de florir...Belo poema António.Um abraço.

Olinda Melo disse...

Caro Poeta

'Entardecer' um título que nos leva ao lusco-fusco que só por si nos fala de magia. Ou então o 'entardecer' de uma vida, mas sempre com a esperança no coração e procura de novos afectos ou manutenção de afectos antigos. Sempre um espaço com espaço para sonhar e desejar esses 'prelúdios' esses 'carinhos imensos, melancolias, perfumes, ermos lendários'.

Uma glória de poema, meu amigo!

Grande abraço.

Olinda

LUZ disse...

GEOGRAFIA


Meu pensamento foge de mim, vadio
Invade sua casa, sua vida comanda
Mistura-se no ar que você respira
E confunde desejo com a esperança.

Já não sei se fica assaz pensativo
Ou nos lábios rubros colhe beijos
Que alimentam seus amantes desejos
De rosas nossas, vermelhas,cativo.

Contorno o desenho de sua boca
Oásis alimentado de água louca
E no beijo saboreio sua doce alma
Que cabe em mim, perfeita e calma.

Me faça assim delirar, com beijos
Esqueça todo mundo e a vida pouca.
Se solte com ansiedade e devagar
E encontre no meu corpo invulgar
A geografia nua dos seus desejos.


Luz

OceanoAzul.Sonhos disse...

Quando ao entardecer vagueamos em palavras que nos permitem sonhar... Gostei muito.

beijos
cvb

Celina disse...

Oi amigo, venho agradecer a tua visita e o lindo comentário, e dizer da beleza dos teus versos lindos.Um abraço fraterno. Celina

Sonhadora disse...

Meu querido

No teu poema há lábios sequiosos de outros lábios...um corpo ansiando outro corpo...mãos derramando suspiros na nudez da noite...murmurando desejos numa volúpia dos sentidos...num afagar de outra alma.

Deixo o meu beijinho com carinho
Sonhadora

Evanir disse...

Querido Amigo por favor me envia seu email.
Preciso mandar uma noticia para vc e ñ posso deixar isso no blog.
E com urgência ..
tive que deixar o recado no blog porque estou sem retorno através dos coments.
Estou comproblemas no PC.
Aguardo com urgência .
Beijos sua amiga.
Evanir.

Evanir disse...

meu email
evanir_garcia@hotmail.com
Amigo esqueci de deixar meu email.
Beijos.

MARILENE disse...

O entardecer não é fim, mas o espaço de tempo que nos permitirá viver a noite. Pode haver melancolia nessa transição, a inspirar poetas sensíveis, que sabem extrair do tempo a magia que lhe é oferecida.
Sempre profundos e belos seus versos.
Bjs.

Smareis disse...

Olá amigo Antonio,

Escreveste lindamente esse entardecer.
É no entardecer que os poemas se confirmam.
Desejo um ótimo final de semana meu amigo.
Grande abraço!

(Já tem nova atualização)

Amapola disse...

Bom dia, querido amigo Antonio.

Lindo, como sempre!
Amei...

Fique com Deus.

Beijos.

Evanir disse...

Com a alegria de sempre venho desejar um feliz final de semana.
Hoje triste por dois motivos estou absutamente triste .
A falta de respeito ainda existente no mundo
virtual que poderia ser um mundo melhor
de amor respeito e carinho.
Uma vez que o mundo onde vivemos já
convivemos com todo tipo de tragedia e
inumeras tristezas.
Já não tem 20 e nem 30 anos porque será
que não me dão a paz que tanto almejo?
A lealdade e fidelidade das minhas amizades
deve deixar pessoas que não faz parte do meu mundo
muito desconforvel e acima de tudo (ESSE SER È SUJO E NOGENTO DEMAIS)
Segundo (MOTIVO).
Uma amiga de todos nos que amo muito
esta passando por um momento muito dificil.
Com o esposo em estado gravisimo meu contato com
ela hoje é na vida real.
Vamos orar para que Deus liberte o esposo dela de tanto sofrimento.
Seja abençoado e de infinita paz seu final de semana.
Fica com meu carinho e na paz de Jesus.
Evanir..

Multiolhares disse...

muito bonito e profundo, como sempre, a tristeza vive na vida
bjs

Zilani Célia disse...

OI ANTONIO!
DE FORMA BELA E NOSTÁLGICA, NOS FAZES VER QUE A VIDA FINDA SIM, MAS O CORAÇÃO, LEVA ATÉ O CLÍMAX DA MESMA, OS SENTIMENTOS VERDADEIROS COMO O AMOR NUTRIDO POR OUTRO SER...
QUANTO A TUA PERGUNTA EM MEU BLOG, CONCORDO, FOI UMA DEFERÊNCIA DE DEUS NOS DAR A OPORTUNIDADE DE SENTIRMOS O VERDADEIRO AMOR, AO TRAZERMOS OUTRO SER AO MUNDO, NOS FAZENDO COM ISTO ESPECIAIS.
ABRÇS
zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Marilu disse...

Querido amigo, mais um lindo poema, como tudo o que você escreve. Tenha um excelente final de semana. Beijocas

Rita disse...

Bom dia!!
Que o domingo traga muita paz
Leio e gosto, desse Blog que
traz maravilhas alegrando o
nosso coração
Abraços com carinho
Rita!!!

Lindo lindo poema!!

SOL da Esteva disse...

O entardecer mostra-nos imensa beleza ao olhar e melancolia á Alma.
Lindo.

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo poeta nostálgico, intenso e maravilhoso. O entardecer da vida será mais fácil se aceitarmos a sua chegada.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Poeta.

Passei para lhe desejar uma linda semana cheia de paz, amor e alegrias.

Beijos.

ZilMar disse...

querido Poeta,mais uma vez eu leio...releio sua poesia e fico encantada....não ouso dizer mais nada...és um Mestre...


meu carinho...

bjo!


Zil

Flor da Vida (Suelzy Quinta) disse...

Me lembro quando li este teu poema pela primeira vez...
E agora ao relê-lo percebo que a emoção é a mesma, pois tuas inspirações nunca nos cansa, pelo menos a mim não.

Obrigada por sua visita, "hoje tão raras", mas que me alegram muito.

Que tudo de bom lhe seja prezado poeta.
Beijos floridos.

ONG ALERTA disse...

O entardecer é sempre mágico, abraço Lisette.

O Árabe disse...

Meu abraço, irmão, e votos de boa semana. Salam Aleikum!

Celina disse...

Oi amigo Antonio, tudo de bom para vc, agradeço a sua visita ela é sempre bem-vinda. muita paz e saúde para vc, abraços Celina.

Evanir disse...

Venho desejar uma abençoada semana,
também pedir sua presença no meu blog para
nos unir em oração.
Na postagem esta tudo explicado.
Desde já Deus abençoe e seja bem vindo juntando -se
a nos.
Beijos no coração.
Evanir.

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde, prezado amigo, hoje eu vim agradecer o carinho de sua presença lá no meu recanto!
Tenha uma linda semana coberta de muita Alegria e Paz!
Fique com Deus!
Abraço fraterno
Maria Alice

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Meu amigo, como sempre seus poemas são lindos, mas hoje tenho pouco para comentar e muito para lamentar.
Seja sempre feliz e que os anjos te amparem...

Rita disse...

Bom dia de alegria pra vc
vim deixar um abraço pelas palavras
carinhosas pq aqui tbém leio tudo que
gosto
Abraços com muita paz
Rita!!!

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

E em todos os entardeceres há estas sensações tão diferentes...de amargura...de encanto...de felicidade, mas também de muita dor.Faz parte da vida o amor...o desamor...o encanto...desencanto e desencontros. A vida é assim...assim é o amor também. Lindo, amigo! Um beijinho e até breve
Emília

Olinda Melo disse...

Meu amigo

Venho desejar-lhe uma excelente tarde, quase fim do dia, quase entardecer, por cá.

Adorei as palavras, riquíssimas, que me tem deixado lá no Xaile.

Tudo de bom para si, caro poeta.

Abraços

Olinda

Rita disse...

Um bom final de tarde
Deixo um abraço
Que Deus abençoe sempre
Bjuss
Rita!!

Graziella disse...

Lindo poema.. parabens...

Toninhobira disse...

Seu poema retrata com fidelidade este magico instante do dia.Sabe que eu gosto deste instante e me folgo nele.Há uma fusão que deixa tudo mais inspirado neste encontro.
Ficou otima sua construção.
Meu abraço amigo.
Paz e muita luz nos seus dias.

LUCONI disse...

Antonio com saudades de teus versos vim ler-te não achando nada novo,vasculhei as escrivaninhas até encontrar um que não tinha lido, e realmente adorei o teu entardecer, nostálgico trazendo muita saudades, beijos Luconi