segunda-feira, agosto 20, 2012

Sonho Cativo

Ou Poesia Brega...




Carrego um segredo oculto, sofredor e verdadeiro,
Como um amante perdido, pela noite, mergulhado;
Numa intensa paixão, ao mesmo tempo prisioneiro,
Por este amor oculto, e um desejo enclausurado...

Em meu sonho há um jardim, tristonho e desolado.
É um segredo cruel e silente, dum fogo alvissareiro,
Fazendo viver um amor, tão sofrível e amargurado;
Como um espinho na carne, doloroso e verdadeiro...

Eis que este amor, tão intenso quanto profundo,
Minha desventura, o meu sonho, uma quimera;
É o meu triste viver, pois dum sonho é oriundo,
Nesta via dolorosa, que alucina e me encarcera...

E assim quando vem a noite, refém serei do tédio...
Sonharei com aqueles lábios, suaves a me beijar,
Com beijos ardentes, feito um balsâmico remédio;
Fazendo nascer em mim, o desejo de lhe tocar.

E neste sonho feliz, com a amada do meu segredo,
Parece que sinto seu corpo, faminto se entregar.
Pois seu vulto atrás da cortina, figura deste enredo,
Ascende aos meus desejos, como ao céu pudesse chegar.


26 comentários:

Flor de Jasmim disse...

Os encontros e desencontros do amor!
Lindo e triste!
Boa semana meu amigo Antônio

Beijinho e uma flor

VILMA PIVA disse...

Olá Antonio, poesia romântica, sensível, entregue`a dor do amor ausente.Parabéns!! Beijos!

Ingrid disse...

teu romantismo nos leva à nostalgia..
belíssimos versos..
beijos

Toninhobira disse...

Ah,estes amores escondidos e sofridos,mas que rendem belas inspirações,que faz balançar os corações.
Uma bela semana amigo.
Meu abraço de paz e luz.

ValériaC disse...

Super lindo seu poema querido amigo!!!
Complicados estes sonhos e amores... mas com certeza foram fonte de sublime inspiração...gostei da música, não conhecia, retrata bem a triste situação de se apaixonar assim, por um alguém.
Beijinhos,
Valéria

Mery disse...

Muito lindo!
Eu amei a poesia e até me identifico com os versos tristes e ... Carrego um amor que é um segredo e que me faz padecer, outras vezes me faz bem, sonho com a felicidade ao lado dele. Desculpa o desabafo de uma mulher que ama e sofre¨¨ *um amor sufocado em meu peito;
beijo/Mery

Luna disse...

o amor e os desencontros, a dor e a solidão
beijos

TITA disse...

O amor a revirar a nossa casa interior...Muito bonito,António.Um abraço.

O Árabe disse...

Jamais seria brega, meu irmão, tão belo sonho! Meu abraço, boa semana.

LUCONI disse...

Ah meu amigo, que amor lindo este que é mantido em segredo somente no mais fundo de tua alma é que é vivido, parabéns a tua forma de expressá-lo é extremamente pura e bela, beijos Luconi

LUZ disse...

Olá estimado Antônio,

Começo por agradecer-lhe, aqui, o comentário, tal como o maravilhoso e sentido poema, que deixou, no meu blogue, quue é a sua postagem.

Em relação à imagem, que encima o seu post e vídeo, a mesma se enquadra, perfeitamente, neste clima de mistério, que desejou criar, no seu poema.
Quanto ao vídeo, confesso não conhecia o cantor. Aí, vocês chamam "Música Brega", aqui, nós apelidamo-la de "Música Pimba".
Entendi, perfeitamente, a letra da mesma, enfim, o "choramingar" do cantor.

No que refere ao seu poema, está intensíssimo, e parece que a sua vontade, os seus desejos estiveram, voluntariamente e por ciúmes, reprimidos, mas depois, algo, os fez saltar por aí, correndo feito loucos, pra cantar, versejar, esse recôndito, mas verdadeiro sentimento/amor.
Claro que tudo isso se passa, no plano do seu "eu-lírico", logicamente.

Bem sei que o poeta e, como diria, Fernando Pessoa, "é um fingidor", mas, quando sente mesmo aquela dor, "a dor que deveras sente", deixa de fingir, de se passear e entabular conversação e empatia com outras "Evas" e volta ao seu Éden, à sua "Eva".

É NELE(a), que se espraia, que se sente total, inteiro, realizado e tão aliviado!

O PORQUÊ, DESSE PORQUÊ, NINGUÉM O SABE, SÓ MESMO, O AMADOR, O AMANTE, DA PESSOA AMADA.

Desde meninos(as) até à velhice, portanto enquanto pessoas, seres pensantes, passamos a vida a sonhar, a desejar, quase que o impossível.

SÃO AS QUIMERAS E OS IMPOSSÍVEIS, QUE NOS FAZEM SENTIR VIVOS, REJUVENESCIDOS E PRONTOS PARA A CAMINHADA DO PRAZER, QUE NÃO CONSEGUIMOS NEGAR.

Somos humanos, de carne e osso, e não de ferro, afinal.

Tenha um dia com o paraíso, no olha e com "Eva", se possível..

Beijos da Luz, com apreço.

Rita disse...

Poema lindo
Amor mais bonito ainda
Versos falado com suavidade
Eu amei
Gostei
Parabéns..deixo um abraço de boa
tarde
Bjuss
Rita!!!!

Evanir disse...

Minha amiga estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Linda tarde beijos no coração,Evanir.

Celina disse...

Querido poeta, muito bonito o teu poema, tenho certeza que toca os corações de todos que amam. um abraço fraterno CELINA

BlueShell disse...

O sonho traz a felicidade...e o peta sonha, sonha...
Beijo terno...poeta!
BShell

vendedor de ilusão disse...

Olá,
Venho trazer meu abraço e, mais uma vez, agradecer sua participação no 1º Prosas Poéticas; muito obrigado pelo apoio e pelo prestígio.
Em breve lhe informarei a programação do evento.
Um abraço e quando puder apareça.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido

Que lindo sonho de amor neste poema que a tua alma escreveu.
Que se torne uma bela realidade e se eternize no tempo.
A musica é linda e já conhecia, eu gosto desse tipo de música.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

O Árabe disse...

Aguardo o novo post, irmão. Meu abraço, boa semana. Salam Aleikum!

Rita disse...

Que seu dia seja lindo
Bom domingo
Bjuss
Rita!!!

Bergilde disse...

Oi Antonio,saudades daqui e de seus versos romanticos.
Amar nunca foi nem vai ser bem compreendido,apenas nos resta viver e deixar cada coisa acontecer,abraço carinhoso,

Celina disse...

Querido poeta boa noite, vim agradecer a tua gentil visita ao meu cantinho e as palavras bonitas que deixastes, muito obrigada amigo. um abraço fraterno Celina.

O Árabe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Árabe disse...

Meu abraço, irmão de minha alma. Aguardo o novo post. Boa semana, Salam Aleikum!

Toninhobira disse...

Ola amigo,desejando que tudo esteja bem com voce.
Uma bela semana de paz e luz e poesia.
Meu terno abraço de admiração.

Bergilde disse...

Poesia de um amor sofrido,amor que sendo pelos teus versos cantado e aqui partilhado torna-se menos doído,mas certamente não menos sentído.
Abraços,bom dia!

Poetisa da Paz disse...

Senti-me inserida no seu dorido poema.dores do amor oculto, contido que derrama-se em inspiração. Esbanjas sensibilidade poeta!
Seguindo seu blog, se puder , siga-me também! Abç!