sexta-feira, abril 06, 2012

*Liberdade da Alma*


Na liberdade que a matéria anseia
Essa que sem os grilhões imensos
Na escuridão brilha uma candeia
Dos sonhos profundos, intensos

A liberdade é o cântico do coração
Do Amor febril, e do Amor latente
Dos sentimentos da eterna paixão
Essência da Vida, sagrada, ardente

Há no mistério do Amor derradeiro,
Toda plenitude por Deus concebida,
Em Graça Divina, Bendita, Augusta!

Que desse corpo liberta as amarras,
Fluindo do Céu encantos sagrados,
Relíquias da Graça, Bendita e Justa!



A Páscoa significa Liberdade, e muitas festas judaico cristã estão relacionadas a esse tema.
Um dos elementos essenciais que simbolizam a Páscoa é a redenção prometida por Deus através de Moisés aos filhos de Israel, e no cristianismo, a redenção originada no sacrifício vicário do Cristo a todos que Lhe buscam.