sábado, setembro 19, 2015

O Azorrague do Cristo

A meu ver, esses homens que se auto intitulam apóstolos ou bispos não passam de empresários gananciosos que descobriram na fé cega e no misticismo brasileiro uma ótima fonte de arrecadação. O brasileiro já traz em sua cultura a crença em diversas entidades ou objetos, mas nem sempre em um Deus Eterno e Soberano. Ou quando buscam ao Deus do cristianismo, incorporam misticismo oriundo de religiões diversas. Fico pensando em Paulo e Pedro, por exemplo, disputando entre si quem pregava o evangelho melhor ou mais poderoso... O que vemos hoje é um conflito de quem é mais forte e de quem arrebanha mais seguidores para encher seus templos. Não é um poder advindo do verdadeiro evangelho bíblico, mas um poder dado pelo deus Mamon (dinheiro), aos quais esses homens tanto servem explícita e descaradamente. Um duelo de poderes monetários que para nada serve à obra de Deus, visto que, se o Reino de Deus não é desse mundo, não cabe auferir lucros para aumentar o patrimônio financeiro à Igreja. Os verdadeiros e maiores Apóstolos se encarregaram de anunciar o evangelho somente com esses recursos: o caminhar em Cristo, o anunciar as Boas Novas, e ao mesmo tempo, levar uma vida de humildade e sem focar em riquezas. Nunca com somas exorbitantes, seja em ouro ou prata para expandir negócios! Como é que duas igrejas QUE SE DENOMINAM CRISTÃS são inimigas, e vivem duelando através da mídia? A IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS e a IGREJA MUNDIAL DO PODER DE DEUS representadas pelos seus donos realmente esperam se encontrar na Eternidade? Ou pior, como uma pessoa que se diz cristã tenta impedir a outra de pregar o Evangelho? (se isso que eles pregam realmente é evangelho...) 
Estão desviando a Glória que deveria ser de Deus para eles mesmos. São mega empresários, são vendilhões da fé, são aproveitadores da desgraça alheia... Creio que sobre eles, o Juízo do Eterno será implacável!



5 comentários:

Lourisvaldo Santana disse...

Essas duas igrejas que você cita já estendem seus tentáculos ao interior. Aqui onde moro há sempre uns três ou quatro galpões bem zelados, próprio para esses mercadores do evangelho. Por vezes um, dois ou os três galpões estão alugados, quase sempre para igrejas. Elas passam alguns meses, quase nunca ficam por um ano; e depois retornam, quando, por vezes, alugam o galpão que era da concorrente. Nunca soube de quebra de braços entre elas, nunca soube que houve disputa pelo melhor galpão. Mas disputam cada centavo de cada cidadão, de cada aposentado, de cada lenhador. Os galpões lotam por alguns meses, todo mundo ganha, corre boatos de milagres, mas depois, por razões que desconheço, o pastor vai embora, deixando a cada fiel a decisão sobre que fazer com sua alma. A opção, muitas vezes, é deixar-se ficar no galpão da concorrente.

Tão simples assim, tão simples quanto mudar de canal, quer para ver a Universal, quer para ver a Igreja Mundial.
Alam? Salvação?
Quem se importa...

Uouo Uo disse...


thank you

حراج السيارات

LUCONI MARCIA MARIA disse...

MEU amigo estás coberto de razão, estas são as que mais se destacam atualmente, mas tantos outros templos existem assim, católicos, evangélicos, espíritas, tantos e tantos. Mas no meio do comércio com o nome de Deus existem templos honestos cujos dirigentes se dedicam realmente a pregar os ensinamentos de Amor que é o que realmente interessa ao Pai. Mas esteja certo que os fiéis sinceros em sua fé serão encaminhados à verdade.

Estas duas igrejas específicas as autoridades sabem do engodo não tomam atitude de encerrá-las porque lhes convêm.

Pedro e Paulo não brigavam por poder, houve um certo mal estar por que Paulo julgava desnecessário a circuncisão, uma vez que Paulo pregava mais aos estrangeiros, aos gentios, mas tudo com bom entendimento esperando as ordens do Alto que vieram através de visões, Pedro concordou e defendeu que para ser cristão não precisava ser circuncidado. Desculpe a explanação eu amo as epístolas de Paulo, ali muita sabedoria. Um forte abraço e gostei da tua crônica e teu grito de revolta. bjos Luconi

Ivone disse...

Não sou religiosa, mas é muito triste ver esses tipos de disputas entre as religiões e seitas!
Abraços amigo Antonio, tenhas uma linda semana!

Gloria disse...

Me paso tu blog Anna de poemias me encanta tu blog.
http://anna-historias.blogspot.com.es/2016/09/muerte.html?m=1